nsc
dc

Em ótima companhia

Quem é a cachorrinha Brenda que invadiu o Jornal do Almoço da NSC

A mascote vive na sede da empresa e tem a companhia de outra cachorrinha, a Cherry

14/04/2022 - 16h26

Compartilhe

Flávia
Por Flávia Terres
Brenda foi adotada pela NSC de Florianópolis com outros dois cães
Brenda foi adotada pela NSC de Florianópolis com outros dois cães
(Foto: )

Os "doguinhos" da equipe de jornalismo da NSC estão ganhando os corações de internautas que acompanham os comunicadores digitalmente. Nesta quarta-feira (13), um vídeo compartilhado pelo apresentador do Jornal do Almoço Raphael Faraco chegou a 1 milhão de visualizações no Twitter.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O registro, feito minutos antes do telejornal começar, mostra a cadelinha Brenda deitada e curtindo o novo estúdio do JA. A mascote é uma dos três cachorros que foram adotados pela equipe da NSC de Florianópolis. 

Chegada dos doguinhos  

O primeiro mascote chegou na empresa há cerca de 10 anos, de acordo com a editora executiva do Globo Esporte, Denyris Rodrigues. O cão, chamado carinhosamente de Maromba, começou a visitar a NSC e receber comida dos funcionários. 

Algum tempo depois, Maromba, que sempre teve liberdade para ir e vir, trouxe duas amigas que foram nomeadas de Brenda e Cherry. 

Depois de perceberem que os cães estavam na empresa com frequência, uma conversa foi feita com os diretores que autorizaram a adoção. De acordo com a administradora do restaurante da NSC, Luciane May, a permanência dos animais foi permitida desde que os três tivessem casinhas, fossem castrados e vacinados. As solicitações foram imediatamente seguidas, e os três se tornaram moradores da empresa. 

Até a chegada da pandemia da Covid-19, os animais não circulavam dentro do prédio — eles recebiam o carinho dos funcionários do lado de fora da emissora. Mas, durante as restrições sanitárias que deixaram cerca de 80% dos funcionários da NSC em home office, os três receberam passe livre para ficar dentro da sede.

— Eles são a nossa válvula de escape, quando as coisas estão muito complicadas, eles nos dão um abraço, tornam a nossa vida mais leve e nos momentos mais difíceis, aqueles que a gente mais precisa, eles estão ali pra oferecer esse amor — conta Denyris. 

Adoção

Em meados de 2021, o bagunceiro Maromba se envolveu em uma briga com outro animal e foi encontrado com ferimentos que preocuparam os funcionários. Para evitar que ele sofresse novo ataque, por ser um doguinho em idade avançada e com poucos dentes, a editora do GE adotou e levou o cão para morar com ela em Biguaçu. 

A mudança causou saudade em Brenda e Cherry, que precisaram se acostumar sem o companheiro, enquanto Maromba não demorou para sentir amor pelo novo lar. Denyris lembra que as duas sentiram falta de formas diferentes. 

— Elas ficaram muito tristes sem ele, sentiram muita falta. Em casa ele tem outro amigo, um que eu também adotei e se adaptou super rápido. Elas demoraram mais e sentiram de formas diferentes porque o Maromba era companheiro de bagunça da Brenda e tinha um comportamento de cuidado com a Cherry. 

Atualmente as doguinhas estão se readaptando com a falta do companheiro e recebendo muito amor e atenção dos funcionários da emissora, enquanto Maromba vive com carinho e segurança sem riscos de acabar ferido novamente. 

Troca de amor

Para os funcionários que se encontram com as cachorrinhas em diferentes setores, a presença dos animais é uma forma de tornar o trabalho mais leve e divertido. 

— A presença delas é especial! Elas trazem muita alegria. São paparicadas e retribuem com muito carinho. Todos amamos nossos mascotes. Estamos muito felizes com elas e, por suas reações, a Brenda e a Cherry também. Impossível pensar numa NSC sem as duas (risos) — diz Raphael Faraco. 

Os paparicos mencionados por Faraco são frequentes. Além de carinho, como lembra Luciane, as doguinhas são levadas a cada 15 dias para o pet-shop, onde tomam banho e recebem todos os cuidados de saúde necessários. 

Quando não são levadas, recebem o carro do pet-shop nas dependências da NSC para manterem o penteado e banho em dia e, assim, quem sabe estarem prontas para substituir os apresentadores, caso precise. 

Animais recebem o carro do pet-shop nas dependências da NSC
Animais recebem o carro do pet-shop nas dependências da NSC
(Foto: )

Leia mais: 

Emoção marca estreia dos novos apresentadores do Jornal do Almoço e do Bom dia SC

Jornal do Almoço e Bom dia SC terão novos apresentadores; confira quem são

Telejornais da NSC TV estreiam novos cenários com tecnologia e inovação; veja fotos

Colunistas