Frei Egídio Maria Moscini pode se tornar o primeiro santo da Diocese de Criciúma, que compreende 26 municípios do Sul de Santa Catarina. O processo para reconhecê-lo como beato teve início no último domingo (7), durante a sessão pública de instalação do Tribunal Diocesano e a celebração da Santa Missa em Ação de Graças, em Turvo.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Egídio Maria Moscini nasceu em Valentano, na Itália, em fevereiro de 1884. Aos 21 anos, ingressou na Ordem dos Servos de Maria. Em 1921, o religioso chegou ao Brasil após uma viagem de três meses até Rio Branco, no Acre.

No ano de 1947, Frei Egídio começou a escrever a sua história no Sul de Santa Catarina, quando foi transferido para Araranguá. Cinco anos mais tarde, ele foi para o Seminário em Turvo, cidade da mesma região, onde ficou até seu falecimento em 25 de agosto de 1976, aos 92 anos de idade.

Veja imagens do Frei e da cerimônia

Continua depois da publicidade

Patrono do Agricultor Familiar Brasileiro

Frei Egídio foi declarado o Patrono do Agricultor Familiar Brasileiro por meio da lei 14.732/2023. A homenagem tem como objetivo reconhecer os serviços prestados pelo religioso em prol dos pequenos agricultores. Ele também é Patrono do Agricultor Familiar Catarinense.

Beatificação e canonização

A abertura do processo de beatificação e canonização de Frei Egídio ocorreu no Centro de Eventos da cidade de Turvo e foi presidida pelo bispo da Diocese de Criciúma, Dom Jacinto Inacio Flach.

Na solenidade, Frei Franco Maria Azzalli, também italiano, foi apresentado como postulador da causa de beatificação e canonização. Segundo a Diocese de Criciúma, ele irá conduzir os trabalhos de coleta de documentos e depoimentos sobre o candidato que viveu boa parte da vida na cidade de Turvo e passou a ser reconhecido como Servo de Deus.

“Frei Egídio viveu sua vida com integralidade, sendo um humilde servo de Deus, um homem já considerado santo por muitos que o conheceram mesmo 48 anos após sua morte”, destaca Frei Franco.

Continua depois da publicidade

Leia também

Carlo Acutis, primeiro santo “millennial”, tem canonização aprovada pelo papa Francisco

Novena e orações para Carlo Acutis, jovem que pode virar santo

Três santuários religiosos para conhecer no Sul de SC

Destaques do NSC Total