A polícia prendeu, na última sexta-feira (2), o cantor de forró e produtor musical Ailton Lima Picanço com 30 kg de drogas. O flagrante aconteceu em Manaus (AM) no momento em que ele fazia a entrega do entorpecente para o narcotraficante Rafael Brasil, conhecido como Rafinha.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

O cantor não é muito famoso e se apresenta em bares na capital amazonense. Em seu perfil oficial nas redes sociais, Ailton compartilha vídeos de shows e acumula apenas 400 seguidores. No Instagram, ele se apresenta como músico, compositor e produtor musical.

“Tenho o projeto de gravar um CD e levar um pouco da cultura do Amazonas a outros lugares”, escreveu.

Cantor transportava diversos tabletes de skunk no carro (Foto Reprodução, Polícia Civil do Amazonas)

Ainda segundo a polícia, o material foi apreendido dentro do carro dirigido pelo cantor. Entre os entorpecentes, estavam diversos tabletes de skunk, um tipo de maconha, avaliados em R$ 200 mil. Além disso, foram encontrados dois carregadores e 30 munições intactas.

Continua depois da publicidade

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também

Entenda o que é a maré vermelha, fenômeno que intoxicou 278 pessoas em Pernambuco

Vacina contra a dengue do Butantan apresenta eficácia geral de 79,6%

Destaques do NSC Total