nsc
dc

Polícia

Repórter da TV Globo recebeu “mata-leão” antes de ser esfaqueado

PCDF solucionou o caso menos de 24 horas após o ataque que deixou o jornalista da TV Globo em estado grave

16/04/2022 - 08h29 - Atualizada em: 16/04/2022 - 10h33

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Crime ocorreu na quinta-feira (15) em Brasília
Crime ocorreu na quinta-feira (15) em Brasília
(Foto: )

Após deter os dois suspeitos de terem esfaqueado o jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo em Brasília, na noite de quinta-feira (14), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) confirmou que o crime se tratou de uma tentativa de latrocínio. 

Em entrevista coletiva concedida na noite desta sexta-feira (15), o delegado Petter Fischer Ranquetat, da 3ª DP (Cruzeiro), disse que José Felipe Leite Tunholi , 19 anos, e seu comparsa de 17 viram no jornalista uma potencial vítima e decidiram assaltar.

Quando se aproximaram de Gabriel, o menor aplicou um golpe mata-leão – que consiste em apertar o pescoço da vítima com os braços -, enquanto José Felipe desferiu ao menos 10 golpes com arma branca. 

A dupla fugiu levando o celular e a carteira com R$ 250. Depois eles retiraram o dinheiro e descartaram os objetos na rua. 

— Eles não conheciam o Gabriel. Só depois viram quem era a vítima e a repercussão do caso. O maior fez planos de fugir para Paracatu (MG), mas conseguimos evitar e detê-lo — ressaltou Petter. Para fugir, José teria pego 550 euros da mãe.

Veja vídeo do ataque

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

*Samara Schwingel e Saulo Araújo

Leia também 

Vídeo: repórter da TV Globo é esfaqueado em Brasília

Polícia encontra celular de repórter da TV Globo esfaqueado em Brasília

Adolescente suspeito de esfaquear repórter da TV Globo é apreendido em Brasília

Colunistas