Representantes de delegações da Europa, América do Sul e África visitaram uma vinícola e uma produção agropecuária sustentável na Serra e Meio-Oeste de Santa Catarina nesta semana. O grupo composto por diplomatas e representantes comerciais faz parte da comitiva do “AgroBrazil” e esteve nas cidades de Bom Retiro, na quarta-feira (15), e em Campos Novos, nesta quinta (16).

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp 

As autoridades que participaram do projeto de intercâmbio técnico são da Bélgica, Moçambique, Nigéria, Paraguai, Uruguai e Reino Unido. O objetivo da iniciativa é aproximar esses representantes estrangeiros dos produtores rurais brasileiros e catarinenses, principalmente nos setores de maricultura, viticultura, fruticultura, suinocultura, avicultura, lácteos e grãos.

Em Campos Novos, a comitiva esteve em dois locais que são referências na produção agropecuária sustentável e pelo alto nível de inovação e tecnologia. O primeiro foi uma cooperativa que reúne produtores de milho, soja e trigo, que possui o cooperativismo e a sustentabilidade como base, tanto do ponto de vista econômico como social e ambiental, segundo Luiz Carlos Chiocca, presidente do Coopercampos.

Receita Federal recebe 40 mil declarações do Imposto de Renda 2023 em SC no 1º dia

Continua depois da publicidade

Depois, o grupo ainda passou por uma grande propriedade de produção de grãos com 680 hectares. Os diplomatas tiveram a oportunidade de conhecer de perto o processo de colheita da soja e toda a tecnologia envolvida, além da estrutura de organização da fazenda. Eles avaliaram que conhecer outra realidade de produção é positivo para estabelecer relações comerciais com o Estado e o Brasil.

— Os dois países já têm relações excelentes em nível político, mas precisamos elevar as relações de cooperação econômica e comercial, indo ao campo para conhecer projetos que são sustentáveis — afirmou o conselheiro da Embaixada de Moçambique, Arlindo Jaime Carlos.

Crise bancária no exterior e prováveis impactos na economia de SC

Segundo levantamento da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), Santa Catarina produz 103 milhões de toneladas de soja, avaliadas em US$ 610 milhões, e 112 milhões de toneladas de milho, com valor em US$ 60 milhões, por ano.

Visita à vinícola catarinense

Os representantes das Embaixadas estiveram na vinícola Thera, em Bom Retiro, nesta quarta (15). O local é considerado uma vinícola boutique com produção em torno de 100 mil garrafas por ano. Para Luana Albuqueque, gerente de Desenvolvimento de Negócios do Setor de Agritec, Alimentos e Bebidas da Embaixada do Reino Unido no Brasil, é importante destacar a relevância de conhecer de perto as produções de Santa Catarina.

Continua depois da publicidade

— É uma importante iniciativa que é para o comércio bilateral — disse Albuqueque.

Você sabe quanto açúcar está consumindo ao beber um vinho seco?

Autoridades do setor rural e do município aproveitaram a oportunidade para divulgar o cultivo de uvas de altitude e reforçar o reconhecimento sobre a qualidade dos produtos, de acordo com o presidente do Sindicato Rural de Bom Retiro, Milton Graciano Peron.

Oportunidade para países e produtores

O AgroBrazil é um programa desenvolvido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com o objetivo de apresentar a realidade da produção agropecuária nacional para representantes de delegações estrangeiras. Assim, busca permitir um contato próximo e direto entre embaixadas e os produtores rurais brasileiros.

Os representantes que estiveram em Santa Catarina são o primeiro secretário da Embaixada da Bélgica, Geert Van Dessel; o primeiro conselheiro da Embaixada de Moçambique, Arlindo Jaime Carlo; segundo secretário da Embaixada de Nigéria, Mukaddas Muhammad; conselheira da Embaixada do Paraguai, Alicia Perez Ruiz Diaz; o conselheiro da Embaixada do Uruguai, Nicolás Santiago Rodríguez-Scavone; a gerente de desenvolvimento de Negócios, Alimentos & Bebidas de Agritec, do Reino Unido, Luana Albuquerque.

Leia também

Indústrias de SC lançam produtos na Expo Revestir e na Haus Decor

Empresários são condenados à prisão por adulterar leite azedo em SC

SC tem queda de 84% em registros de armas por cidadãos no início de 2023

Conheça paraísos desertos em Santa Catarina

Destaques do NSC Total