nsc
dc

Pandemia

Rio de Janeiro decreta feriados antecipados para conter Covid; veja regras

Diferente da capital paulista, que também fará "superferiado", o Rio de Janeiro restringirá o funcionamento de bares e restaurantes

23/03/2021 - 11h45 - Atualizada em: 25/03/2021 - 10h53

Compartilhe

Por Carolina Marasco
Exercícios ao ar livre e individuais estão permitidos no RJ
Exercícios ao ar livre e individuais estão permitidos no RJ
(Foto: )

O município do Rio de Janeiro decretou um "superferiadão" ao antecipar feriados para conter a contaminação pelo coronavírus. A estratégia também será executada em São Paulo, com antecipação de 5 feriados. A folga vai da próxima sexta-feira (26) até o Domingo de Páscoa (4).

> Feriado antecipado não muda vencimento de contas e boletos; saiba o que fazer

Diferente da capital paulista, o Rio de Janeiro restringirá o funcionamento de bares e restaurantes. Segundo o decreto publicado pelo prefeito Eduardo Paes, os estabelecimentos podem funcionar somente para entrega em domicílio (delivery), retirada em balcão (take-away) ou drive-thru. Está proibido o atendimento presencial para consumo local. 

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

Academias e exercícios liberados

O decreto do superferiadão no Rio de Janeiro permite a prática de exercícios individuais, em academias ou ao ar livre. Dessa forma, as aulas coletivas estão proibidas.

O que não pode funcionar no feriado antecipado do RJ:

lojas de comércio não essencial;

shoppings;

boates;

danceterias;

museus;

galerias;

bibliotecas;

salões de cabeleireiro;

clubes;

quiosques;

parques de diversão

escolas;

universidades;

creches;

eventos esportivos (incluindo jogos de futebol);

estabelecimento de ensino de esportes, música, arte, cultura, cursos de idiomas, cursos livres, preparatórios e profissionalizantes (presenciais);

centro de treinamento e formação de condutores.

> Discussão por uso de máscara termina com assassinato de comerciante a tiros em Itapema

O que pode funcionar com restrições no RJ:

bancas de jornal, sendo proibida a venda de bebida alcoólica; 

supermercado;

farmácia;

atividades físicas individuais em parques e praias;

transporte;

comércio atacadista;

pet shop;

lojas de material de construção;

locação de carros;

serviços funerários;

bancos;

serviços médicos;

mecânicas e loja de autopeças;

hotelaria, com serviço de alimentação restrito a hóspedes;

igrejas;

postos de combustíveis;

feiras livres;

serviços de telecomunicações, teleatendimento e call-center.

Qual o melhor teste para Covid? Descubra no vídeo:

Colunistas