nsc
an

Transporte

Rodoviária de Joinville volta a receber ônibus intermunicipais nesta sexta-feira

Embarque e desembarque estava sendo realizado na rua ao lado do terminal rodoviário

07/10/2020 - 11h11

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Rodoviária está na etapa final da reforma estrutural
Rodoviária está na etapa final da reforma estrutural
(Foto: )

A rodoviária de Joinville voltar a receber os ônibus intermunicipais a partir desta sexta-feira (9), com o embarque e desembarque de passageiros dentro da estrutura. Atualmente, esse serviço é realizado na rua lateral do terminal rodoviário, já que a prefeitura ainda não havia autorizado a retomada.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

As empresas de ônibus vinham operando fora da rodoviária com base na autorização estadual para retorno do transporte intermunicipal, que ocorreu em agosto. Na última terça-feira (6), a prefeitura publicou um decreto que libera essa modalidade de transporte na cidade e autoriza o uso da rodoviária para o embarque e desembarque.

A venda de passagens já está sendo realizada nos guichês das empresas, assim como as lanchonetes do piso superior também voltaram a operar.

Os passageiros que voltam a usar a rodoviária vão se deparar com mudanças no terminal. A estrutura passa por reformas desde o ano passado e já atingiu mais de 90% de conclusão. A única intervenção pendente é a instalação da nova rede elétrica do prédio, que deve começar nos próximos dias e ser concluída em novembro.

Segundo Sérgio Miers, presidente do Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Joinville (Ipreville), instituição proprietária do prédio da rodoviária, o contrato para instalação da rede foi assinado há duas semanas.

> Ônibus de Joinville é flagrado com aglomeração de passageiros; veja o vídeo

Instalação da rede deve durar três semanas

A Celesc agora precisa comprar os materiais para começar a executar a obra, que deve durar três semanas. No entanto, mesmo com essa pendência, Miers explica que não há prejuízos para o funcionamento da rodoviária.

- Toda a reforma, incluindo o piso, telhado, pintura, acessibilidade e a parte hidráulica, incluindo o alvará do Corpo de Bombeiros, já estão prontos. Estamos apenas com alguns cabos pendurados da ligação elétrica antiga, que ainda está ativa até que seja plugada a nova rede.

O prazo inicial de entrega da reforma era abril deste ano, mas as obras precisaram ser paralisadas por duas semanas devido ao decreto do governo do Estado que determinou restrições por causa da pandemia do coronavírus.

Com isso, as empresas que realizam as obras na rodoviária também precisaram parar. A reforma foi retomada logo após a liberação das obras em todo o Estado, porém o contrato precisou ser prorrogado.

> "Ele amava trabalhar como motorista", diz filha de vítima de acidente na BR-101 em Joinville

Colunistas