As rodovias de Santa Catarina seguem com pontos de interdição por conta das chuvas que não dão trégua há seis dias no Estado. Há bloqueios sem previsão de liberação em estradas federais e estaduais (veja lista abaixo).

Continua depois da publicidade

Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Conforme atualização da manhã deste domingo (4) da Polícia Rodoviária Federal (PRF), há três rodovias federais que seguem com algum tipo de bloqueio: BR-282 e BR-280. Ainda não há previsão de liberação.

Após reunião entre a prefeitura de Palhoça, Defesa Civil, Arteris e PRF, o trânsito na BR-101, na região do Morro dos Cavalos, seguirá fluindo. Equipes devem continuar fazendo a vistoria das condições e risco de deslizamento.

Caso seja constatada movimentação de massa na encosta ou por forte chuva, o trânsito no local será bloqueado.

Continua depois da publicidade

Mais de 30 municípios de SC registram prejuízos em função das chuvas

No caso das estradas estaduais, o último boletim da Polícia Rodoviária Estadual (PMRv) foi publicado no sábado (3) e será atualizado apenas nesta segunda-feira (5). O pior cenário fica no trecho da SC-477 entre os municípios de Rio Negrinho, no Norte catarinense, e Doutor Pedrinho, conhecido como Serra Véu de Noiva, que teve agravamento nas rachaduras que tomam a pista e segue com bloqueio desde a noite de sexta-feira (2).

Outro ponto preocupante fica na SC-418, a Serra Dona Francisca, também ao Norte, onde as filas de veículos já alcançam a BR-101, em Joinville. O percurso até Campo Alegre, que normalmente seria concluído em cerca de uma hora, tem levado, em média, quatro horas, segundo a atualização de sábado da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade.

Veja pontos de interdição nas rodovias federais

  • BR-282 interditada entre Santo Amaro da Imperatriz e Rancho Queimado
  • BR-280 interditada na Serra de Corupá
  • BR-101 com apenas uma faixa livre no Morro dos Cavalos, em Palhoça, no sentido Sul

Veja pontos de interdição nas rodovias estaduais

  • SC-418, Serra Dona Francisca, tráfego com pontos em meia pista, mas liberado (em esquema de comboio) durante o dia. Interrompido a partir das 20h, durante a noite
  • Grande Florianópolis, SC-108 Angelina/Major Gercino, trânsito interrompido por queda de ponte
  • SC-108, Angelina/Rancho Queimado, trânsito em meia pista, com deslizamento no Km 220
  • SC-108, Angelina, tráfego permitido apenas para carros pequenos, com queda de encosta no Km 187, limpeza em andamento
  • SC-281, entre São José e São Pedro de Alcântara, tráfego em meia pista. Rota não recomendada para veículos pesados – Rota alternativa: SC-407, município de Antônio Carlos
  • SC-108, no Sul do Estado, comunidade de Taipa, em São Ludgero, trânsito em meia-pista, com perda de pista no Km 343
  • SC-370, localidade de Aiurê, Grão-Pará, trânsito em meia pista, com trincas na rodovia sendo monitoradas no Km 108
  • SC-436, São Martinho, interditada, com queda de ponte no Km 22,3 – Desvio pela SC-435 e Rua Alfredo Hulse
  • Rodovia Ivane Fretta, Tubarão, interditada nos dois sentidos, com ponto de alagamento

Continua depois da publicidade

Leia também

Santa Catarina decreta situação de emergência após seis dias de chuva intensa

Quem são as vítimas da tragédia com deslizamento de terra na BR-376

Buscas por bombeiro desaparecido em Navegantes são suspensas

Destaques do NSC Total