Famosa por oferecer qualidade de vida, Florianópolis vem atraindo cada vez mais moradores de outras cidades. O último censo do IBGE apontou que a cidade foi a segunda capital brasileira que mais ganhou moradores entre 2010 e 2022, acumulando um aumento populacional de 27,53%. 

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

A grande procura se reflete nos preços de aluguel. Em comparação a outras cidades do país, Florianópolis tem um aluguel caro. O preço médio de locação residencial em outubro foi de R$ 49,92 por metro quadrado, conforme o índice Fipezap+, que avalia 25 cidades brasileiras com base em anúncios veiculados na internet. É o segundo maior aluguel do Brasil, perdendo apenas para São Paulo, cujo metro quadrado custa em média R$ 53,54.

De acordo com Marco Aurélio Lievore Martins, corretor de imóveis e conselheiro regional no Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Santa Catarina (Creci SC), os bairros mais buscados para aluguel ficam na região central da cidade, onde estão localizadas as principais universidades do Estado. Os universitários compõem um público propenso a alugar imóveis, e não comprar.

— Florianópolis é uma cidade que está sempre em evidência, pela qualidade de vida e tudo que a cidade proporciona para os moradores. Mas a gente não tem tantos imóveis disponíveis, ainda mais nesse período depois de outubro, porque a maioria dos proprietários tem costume de manter a locação de temporada e, depois do Carnaval, botar o apartamento para alugar anual — explica.

Continua depois da publicidade

Como aproveitar as belezas naturais de Florianópolis

Esses casos ocorrem principalmente em bairros perto de praias. Ingleses do Rio Vermelho, no Norte da Ilha, é um dos mais buscados, porque oferece também uma estrutura completa com escolas, supermercados, bancos, etc.

O índice Fipezap+ reúne os bairros com metro quadrado mais caro para aluguel. Centro e Agronômica são os primeiros do ranking. Saco dos Limões, Itacorubi, Córrego Grande e Trindade estão entre os mais buscados, confirmando a tendência de alta nos preços na região central. Coqueiros, Capoeiras e Estreito, no Continente, também estão no top 10. No Norte, Ingleses é o único bairro entre os mais buscados.

FipeZAP
Índice FipeZAP de Locação Residencial mostra um panorama de Florianópolis em outubro de 2023 (Foto: FipeZAP/Divulgação)

Leia também

Saiba quais as praias mais buscadas para a temporada em Florianópolis

Continua depois da publicidade

Golpe do falso aluguel já fez 71 vítimas em Florianópolis neste ano; saiba como evitar

Cidade de SC tem maior valorização imobiliária do país em 2023 e atrai investidores

Destaques do NSC Total