nsc
dc

Atualização

Santa Catarina registra 6 novas mortes por coronavírus e passa de 27 mil casos

Novos óbitos ocorreram nos dias 22, 28 e 30 de junho

01/07/2020 - 17h12 - Atualizada em: 01/07/2020 - 20h15

Compartilhe

Cristian Edel
Por Cristian Edel Weiss
Pedestres se protegem com máscara em Blumenau
Pedestres se protegem com máscara em Joinville
(Foto: )

Santa Catarina registra mais 6 mortes por coronavírus e 924 casos confirmados. Os dados são do boletim desta quarta-feira da Secretaria de Estado da Saúde. Com os novos registros, sobe para 347 o total de mortes e 27.279 o total acumulado de pacientes que já se infectaram com o novo coronavírus. 

> Confira os detalhes do avanço do coronavírus em SC em um mapa interativo

As novas mortes ocorreram nos dias 22, 28 e 30 de junho. São cinco homens e uma mulher, todos acima de 60 anos. Dois óbitos ocorreram em Itajaí, um em Blumenau e outros três na Grande Florianópolis: Florianópolis, São José e Antônio Carlos.

Novas mortes por data de ocorrência e cidade

22/6: Homem, 78, São José

28/6: Mulher, 87, Florianópolis

30/6: Homem, 79, Itajaí

30/6: Homem, 81, Itajaí

30/6: Homem, 66, Blumenau

30/6: Homem, 76, Antônio Carlos

O Laboratório Central do Estado tem ainda 5.933 testes aguardando liberação dos resultados. Sobe para 270 o número de cidades que registraram pelo menos um paciente com covid-19 até agora. Vitor Meireles, no Alto Vale do Itajaí, entra para a lista.

Joinville é a cidade que registrou mais novos casos em relação ao boletim de terça-feira: 136. Logo atrás vêm Blumenau (114), Balneário Camboriú (47), Itajaí (40), Navegantes (37), Florianópolis (30), Forquilhinha (29), São José (24), além de Biguaçu e Palhoça, com 19 cada um.

Ocupação dos leitos do SUS chega a 67,2%, maior até agora

O índice de ocupação dos 1.316 leitos de UTIs do SUS em SC é de 67,2% (na terça-feira era de 65%). É o maior índice desde pelo menos 18 de maio, quando o Estado passou a detalhar a ocupação diariamente. São 262 pacientes confirmados ou suspeitos de coronavírus internados em terapia intensiva, outros 622 pacientes internados por outras doenças e 432 leitos livres. 

O caso é mais crítico na região de saúde da Foz do Rio Itajaí, que compreende a região de Itajaí e municípios do Litoral Norte. O índice de ocupação dos 120 leitos é de 80%, o mesmo já registrado na terça-feira. A região Sul (75,3%) e a Grande Florianópolis (72,2%) também apresentam as mais altas taxas de ocupação. A região da Capital tinha 61,2% na terça-feira.

Joinville passa Itajaí em casos acumulados

Chapecó se mantém como a cidade com mais pacientes diagnosticados de covid-19 desde o início da pandemia. Mas Joinville passou Itajaí e se tornou o segundo município com mais casos acumulados.

Casos acumulados por cidade

Chapecó 2493

Joinville 1932

Itajaí 1860

Blumenau 1738

Balneário Camboriú 1587

Florianópolis 1469

Concórdia 1238

Palhoça 699

Criciúma 651

Navegantes 552

Xaxim 540

Xanxerê 506

Sao José 481

Outros Estados 473

Camboriú 460

> Governador de SC, Carlos Moisés testa positivo para coronavírus

Mais casos ativos em Joinville e menos em Chapecó

Segundo avaliação do Estado, 21.402 pacientes que já se infectaram pelo novo coronavírus são considerados curados e 5.530 seguem em tratamento contra a covid-19. Nas cidades com mais casos ativos, Chapecó lidera, com 1.130 pacientes, 19 menos do que no dia anterior. Já Joinville é a segunda, com 777 casos, 44 a mais do que no dia anterior.

Cidades com mais casos ativos

Chapecó 1130

Joinville 777

Balneário Camboriú 412

Blumenau 282

Florianópolis 163

Itajaí 153

Palhoça 139

São José 100

Xanxerê 98

Brusque 76

Tubarão 74

Xaxim 72

Camboriú 71

Campos Novos 65

Bombinhas 63

Braço Do Norte 63

Criciúma 57

> Ministra Damares, que esteve em SC, ficará em isolamento após governador anunciar que está com coronavírus

Picos dos novos casos ocorreram entre 18 e 19 de junho

Até o momento, os dias 18 e 19 de junho são os que tiveram mais contágio, segundo a data de aparecimento dos sintomas. Em cada um dos dias, mais de 1 mil pessoas tiveram os primeiros sinais percebidos.

Veja também:

> Ciclone provoca cinco mortes e destruição na Grande Florianópolis; veja fotos

> Recuperação total da rede elétrica afetada por ciclone pode levar até 3 dias, diz Celesc

> Ciclone provoca estragos e deixa ao menos 9 mortos em Santa Catarina

> "Estava sempre batalhando pelos filhos", diz amiga de mulher que morreu durante ciclone em Itaiópolis

Colunistas