nsc
    hora_de_sc

    Futebol

    Santos anuncia volta de Robinho, condenado por estupro, e gera revolta nas redes sociais

    Após o anúncio do clube, o termo "estuprador" bombou nas redes sociais

    11/10/2020 - 09h44

    Compartilhe

    Por Folhapress
    O anúncio do clube gerou revolta nas redes sociais, pois Robinho foi condenado por estupro na Itália
    O anúncio do clube gerou revolta nas redes sociais, pois Robinho foi condenado por estupro na Itália
    (Foto: )

    O Santos anunciou o retorno do atacante Robinho, 36. O jogador esteve neste sábado (10) no CT Rei Pelé, onde assinou contrato até o fim do Campeonato Brasileiro, com salário de R$ 1.500 segundo o clube. A contratação do atleta teve de ser aprovada pelos comitês Gestor e Fiscal santistas.

    > Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    "Aqui sempre foi a minha casa. Meu objetivo é ajudar dentro e fora de campo, e fazer o Santos FC voltar ao lugar mais alto, que é de onde nunca deveria ter saído. Sensação maravilhosa de poder voltar ao clube que me projetou para o futebol. Foi aqui onde eu cresci. Sempre sonhei em ser jogador e foi o Santos FC tornou tudo isso possível", disse o jogador ao site oficial do Santos.

    Para contar com atacante no Nacional, o time da Vila Belmiro terá de inscrevê-lo na CBF até segunda-feira (12), mesmo sendo feriado.

    A pressa se deve ao fato de que, a partir de terça (13), entrará em vigor uma punição que o clube sofreu da Fifa, que o impedirá de contratar jogadores por causa de uma dívida de US$ 3,4 milhões (R$ 18 milhões) com o Huachipato, do Chile, pela contratação do atacante venezuelano Soteldo.

    Formado nas caegorias de base do Santos, Robinho terá sua quarta passagem pelo clube, pelo qual ele disputou 246 jogos, marcou 109 gols e conquistou cinco títulos - Campeonato Brasileiro (2002 e 2004), Campeonato Paulista (2010 e 2015) e Copa do Brasil (2010).

    A última passagem dele pela Vila foi em 2015, à época emprestado pelo Milan, da Itália. Seu último clube foi o Istambul Basaksehir, da Turquia. O contrato dele com o time turco se encerrou em agosto e o acordo não foi renovado.

    > Após ataques, padre brasileiro recebe ligação de Papa Francisco: “não desanime”

    Na Eupora, o jogador teve como seus principais títulos duas taças do Campeonato Espanhol (2006/2007 e 2007/2008) e um Campeonato Italiano, na temporada 2010/2011.

    Campeão da Copa América em 2007 e da Copa das Confederações em 2005 e 2009 pela seleção brasileira, Robinho também disputou os Mundiais de 2006 e 2010. A última convocação dele foi em 2017, para amistoso contra a Colômbia, em homenagem às vítimas do acidente da Chapecoense.

    Fora dos gramados, o atacante foi condenado a nove anos de prisão por violência sexual na Itália. A sentença saiu em 2017, quando ele já havia deixado a Itália e defendia, na época, o Atlético-MG.

    De acordo com a investigação, o caso aconteceu em 22 de janeiro de 2013, no Sio Café, em Milão. A vítima foi uma mulher albanesa que não teve o nome revelado. Na época, ela tinha 22 anos.

    > Robinho supera Zico e iguala marca de Pelé na Libertadores

    Segundo a denúncia, Robinho e cinco amigos a intoxicaram com álcool até ela ficar incapaz de recusar o ato sexual. Eles também foram condenados a pagar 60 mil euros (R$ 233 mil) para a vítima.

    Nos últimos dias, com a possibilidade da contratação de Robinho, torcedores do próprio Santos se manifestaram nas redes sociais contra o retorno do jogador ao clube. Nas postagens do anúncio do atleta nas diferentes mídias santistas, usuários voltaram a criticar o atleta em razão da condenação por violência sexual.

    No início de 2009, o atacante já havia se envolvido em caso semelhante. Jogador do inglês Manchester City na época, foi questionado pela polícia a respeito de incidente na boate Spice, em Leeds, na Inglaterra.

    Uma garota de 18 anos o acusou de abusá-la sexualmente e Robinho precisou prestar esclarecimentos às autoridades. A Polícia de West Yorkshire enviou o caso à Procuradoria de Justiça, que resolveu não dar seguimento ao caso.

    Leia também: 

    "Muita gente boa passou pelo governo do PT", diz Bolsonaro em passeio no litoral de São Paulo

    Pai que pedala 28 quilômetros para buscar lições dos filhos em SC vira exemplo no país

    Empresa de software de SC é vendida para grupo italiano por R$ 100 milhões

    “A gente nunca está sozinho”, diz autor do perfil Cartas da Pandemia, sucesso nas redes sociais

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas