Santa Catarina registra 96% de lotação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Sistema Único de Saúde (SUS) nesta sexta-feira (19). Das sete mesorregiões estaduais, duas estão totalmente ocupadas e outras três regiões possuem apenas três leitos disponíveis ou menos, conforme dados divulgados no painel de transparência da Secretaria de Estado da Saúde (SES) às 14h50min. Segundo o órgão, a alta é acompanhada em todo território catarinense por conta do aumento de casos de gripe e dengue.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O Estado inteiro possui apenas 26 leitos de UTI disponíveis para atendimento geral. No entanto, o próprio painel do governo aponta que a taxa de ocupação real é maior do que o indicador oferecido pela plataforma. Ou seja, o número disponível de fato é ainda menor. “Quando liberado, um leito constará temporariamente como disponível mesmo que já esteja reservado a algum paciente”, consta na descrição do mapa do painel da SES.

Com 100% de lotação, o Vale do Itajaí possui todos os 135 leitos ativos ocupados. A Foz do Rio Itajaí, que conta com 65 leitos ativos ocupados, também está no limite. Os números contabilizam atendimentos nos setores adulto, pediátrico e neonatal, com todos na capacidade máxima de serviço.

Vacina contra Covid e tuberculose é desenvolvida com ajuda de pesquisadores da UFSC

Continua depois da publicidade

Segundo a SES, esse aumento de internações acontece em todo Estado por conta da alta de casos de dengue e doenças respiratórias. Com mais pessoas doentes, a busca por atendimento nos hospitais cresceu, mas a secretaria não esclareceu há quanto tempo está acompanhando o aumento na procura por serviços médicos.

Lotação das UTIs por regiões em SC

A Grande Florianópolis é a região que mais se aproxima da lotação máxima, conforme o painel nesta sexta-feira (19). Com apenas um leito de UTI adulto disponível no Hospital Regional de Biguaçu, a região contabiliza 99,32% de ocupação entre os 147 leitos ativos. Todas as vagas pediátricas e neonatais estão ocupadas.

Painel de leitos de UTI pelo SUS em SC nesta sexta-feira (Imagem: Reprodução/SES)

Na sequência, a mesorregião do Meio-Oeste e Serra registra 97,66% de ocupação. Três leitos ainda estão disponíveis, do total de 128 vagas ativas.

A região Planalto Norte e Nordeste registra 97,45% de ocupação, com cinco leitos disponíveis.

Com crise na saúde, Joinville vai contratar servidores e aumentar horários de UBSs

Já o Oeste, com 96,67% de lotação, possui dois leitos disponíveis. Uma vaga é no município de Maravilha e a outra em Xanxerê.

Continua depois da publicidade

O Sul possui o menor percentual de ocupação, com 88%. Dos 125 leitos ativos, 110 estão ocupados e 15 estão disponíveis.

Leia também

Internações por gripe crescem 56% em hospitais de SC em 2023, alerta Saúde

Florianópolis libera vacina da gripe a público geral nesta segunda; veja onde tomar

Destaques do NSC Total