nsc
dc

Pandemia

SC espera 65 mil vacinas da Janssen nesta quarta para iniciar dose de reforço

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, imunizante deve ser distribuído na quinta-feira (9) aos municípios

07/12/2021 - 17h29

Compartilhe

Luana
Por Luana Amorim
Todas as vacinas serão destinadas para aplicação do reforço
Todas as vacinas serão destinadas para aplicação do reforço
(Foto: )

Depois de quase três semanas de espera, Santa Catarina poderá iniciar a aplicação da dose de reforço contra a Covid-19 nas pessoas imunizadas com a vacina da Janssen. Nesta quarta-feira (8), o Estado receberá 65.400 doses do imunizante, segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC).

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

De acordo com a diretoria, todas as vacinas deverão ser utilizadas para a aplicação da dose de reforço em quem já tomou a vacina da Janssen no prazo entre dois e seis meses. Ao todo, 260.747 catarinenses aguardam para tomar a "segunda dose" do imunizante, segundo dados do Monitor da Vacina do NSC Total.

> Vacinados com Janssen devem receber a segunda dose da mesma vacina em SC

A informação da chegada das novas doses também foi confirmada pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro. Nas redes sociais, ele afirmou que as vacinas devem ser encaminhadas aos municípios na quinta-feira (9). 

A Dive diz, ainda, que cada cidade poderá adotar a sua estratégia na hora de administrar o imunizante à população.

A última vez que Santa Catarina havia recebido uma remessa de imunizantes da Janssen foi em 18 de setembro. Na ocasião, 750 vacinas foram enviadas ao Estado. 

> Dose de reforço contra Covid: quem pode receber a vacina e qual o imunizante?

Catarinenses devem receber reforço do mesmo imunizante

Em novembro, o Ministério da Saúde orientou que aqueles que receberam a vacina da Janssen não tomem a segunda dose de outro imunizante. A recomendação é que a vacina de reforço seja aplicada entre dois e seis meses após a primeira. Santa Catarina afirmou que vai seguir a orientação.

Segundo a Saúde, evidências científicas apontaram que os níveis de anticorpos aumentam nove vezes uma semana após as pessoas terem recebido a dose de reforço da Janssen (quando aplicada com intervalo de seis meses).

O esquema será parecido com o que ocorre com a vacina da Astrazeneca. A pessoa, após tomar a primeira dose, irá aguardar um prazo de oito semanas para tomar a segunda. Ela também poderá, cinco meses depois, se vacinar com a dose de reforço, que pode ser de outro tipo de imunizante, segundo o Ministério da Saúde. 

Leia também: 

Efeitos colaterais da Janssen; veja as reações mais relatadas

Do toque de recolher à dispensa de máscaras: como o cenário da Covid em SC mudou em um ano

O que se sabe sobre a aplicação da dose de reforço contra a Covid-19 em adultos

Colunistas