nsc
    dc

    Caso raro

    SC registra dois nascimentos de trigêmeos em um mês e meio

    Nascimentos de trigêmeos de gravidez natural, como ocorreu em Blumenau e Criciúma, têm a probabilidade de acontecer em dois a cada um milhão de gestações

    15/12/2020 - 17h38 - Atualizada em: 15/12/2020 - 20h44

    Compartilhe

    Catarina
    Por Catarina Duarte
    Nascimentos de trigêmeos do mesmo sexo, como o caso de Blumanau tem a probabilidade de um em 50 milhões
    Nascimentos de trigêmeos do mesmo sexo, como o caso de Blumanau tem a probabilidade de um em 50 milhões
    (Foto: )

    Duas chances em um milhão. Essa é a probabilidade do nascimento de trigêmeos fruto de uma gravidez natural, segundo especialistas. Em Santa Catarina, a chance pequena se tornou real em 2020. Em um intervalo de cerca de um mês e meio, Blumenau e Criciúma tiveram um parto de trigêmeos, cada.

    > Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    O primeiro nascimento aconteceu no dia 29 de outubro no Hospital Santo Antônio, em Blumenau. Pais de primeira viagem, Taiza Priscila Kruger e Itamar Antunes, tiveram Thomas, Gael e Davi. O caso também é raro. Nascimento de trigêmeos do mesmo sexo ocorrem uma vez a cada 50 milhões de nascimentos.

    — Por se tratar de uma gestação trigemelar, é bem menos frequente porque é mais comum de gêmeos, então, precisa de uma dupla divisão do embrião ou mesmo que um embrião se divida e tenha mais uma gestação, para então formar três embriões — detalhou a obstetra Andréia Sayaka em entrevista ao G1 SC

    Os três irmãos dividiram a mesma placenta por sete meses. Pelo risco da gestação, a mãe ficou internada a partir da 30ª semana e realizou uma cesárea. 

    > “Quando descobrimos, ficamos em choque", conta mãe de trigêmeos idênticos que nasceram em Blumenau

    Em 11 de dezembro, outros trigêmeos catarinenses vieram ao mundo. Os três irmãos nasceram com uma diferença de 11 minutos no Hospital Materno-Infantil Santa Catarina, de Criciúma. Os bebês, duas meninas e um menino, também nasceram prematuros, quando a gravidez completava o sétimo mês. 

    Trigêmeos de Criciúma nasceram empelicados
    Trigêmeos de Criciúma nasceram empelicados
    (Foto: )

    As três crianças também nasceram empelicadas, o que quer dizer que elas estavam na bolsa amniótica e envoltas no líquido. Na maioria das vezes, o parto gemelar é feito com rompimento da bolsa. A estimativa de especialistas é que nascimento do tipo aconteçam uma vez a cada 80 mil partos.

    Segundo a assessoria do hospital, os bebês seguem internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

    Leia mais: 

    Mulher faz parto no banheiro de casa com ajuda dos bombeiros em São Francisco do Sul

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas