nsc
dc

BALANÇO ESTADUAL

SC tem 153 leitos de UTI disponíveis e atinge o mais grave índice de ocupação na pandemia

Também foram notificadas 51 mortes por coronavírus e mais de 5,6 mil novos diagnósticos

09/12/2020 - 18h10 - Atualizada em: 09/12/2020 - 18h33

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Há 51 novas mortes por coronavírus em SC
Há 51 novas mortes por coronavírus em SC
(Foto: )

Com apenas 153 leitos de terapia intensiva (UTI) livres em todo o estado e para todos os tipos de atendimentos graves, a rede de saúde pública de Santa Catarina está muito próxima de chegar ao colapso. Nesta quarta-feira (9), a ocupação geral de UTIs pelo SUS chegou a 89,5% em SC, o pior índice já alcançado desde o início da pandemia.

> SC passa de 15 para 14 regiões em risco gravíssimo para coronavírus

> Painel do Coronavírus: veja em mapas e gráficos a evolução dos casos em SC

Na prática, há 1.455 leitos disponíveis em hospitais públicos para pacientes com diagnóstico ou suspeita de coronavírus, outras doenças graves, pós-operados e acidentados graves. Desse total, 652 vagas estão ocupadas por pessoas em tratamento contra a covid-19 e outras 650 por pessoas com demais enfermidades. 

> Governo de SC detalha volta às aulas em nova portaria

Se considerar os pacientes internados também na rede privada, há 773 pessoas lutando contra a doença em hospitais de SC. Desses, 391 fazem uso de respiradores para sobreviver. 

Mais 51 mortes e 5,6 mil diagnósticos

No mesmo dia em que o número de pacientes internados bateu recordes negativos, o Estado também divulgou 5.628 novos diagnósticos da doença e notificou outras 51 mortes por complicações do coronavírus. No acumulado, SC tem 411.631 casos confirmados e 4.183 óbitos. 

O boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES) desta quarta-feira também informou 29.331 pacientes ativos - em tratamento contra a doença e ainda capazes de transmitir o vírus. Em relação ao número divulgado no dia anterior, houve acréscimo de 260 casos.

> Assalto em Criciúma: 14 suspeitos foram presos até esta quarta-feira, confirma polícia

As cinco cidades catarinenses com as maiores concentrações de doentes em tratamento continuam sendo Florianópolis, Joinville, Criciúma, Blumenau e Brusque. 

Casos ativos em SC

Florianópolis – 2.462

Joinville – 1.870

Criciúma – 1.428

Blumenau – 1.411

Brusque – 1.126

Lages – 978

São José – 925

Palhoça – 778

Jaraguá do Sul – 673

Balneário Camboriú – 575

Colunistas