Quatro cidades de Santa Catarina estão no ranking das dez com imóveis mais caros do país: Balneário Camboriú (1º), Itapema (4º), Florianópolis (6º) e Itajaí (7º). Os dados do preço de venda dos imóveis residenciais são do Índice FipeZap de outubro, divulgados nesta sexta-feira (4). (veja lista abaixo)

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

Entre as 50 cidades pesquisadas, o preço médio aumentou 0,59% em outubro na comparação com setembro de 2022. Balneário Camboriú é a cidade com imóveis mais caros do Brasil. O preço médio no mês passado era de R$ 11.066 por metro quadrado. Nos últimos 12 meses, o aumento na cidade foi de 24,67%. 

As 10 cidades com imóveis mais caros do país 

  1. Balneário Camboriú: R$ 11.066
  2. São Paulo: R$ 10.129
  3. Vitória: R$ 10.092
  4. Itapema: R$ 9.958
  5. Rio de Janeiro: R$ 9.852
  6. Florianópolis: R$ 9.417
  7. Itajaí: R$ 9.090
  8. Brasília: R$ 8.779
  9. Curitiba: R$ 8.373
  10. Barueri: R$ 8.243

Leia também

Concursos públicos em SC: veja vagas abertas em novembro, salários e como se inscrever

Continua depois da publicidade

Mercado otimista após eleição de Lula? Entenda as perspectivas para a economia do Brasil

Como foi a oscilação do dólar em cada gestão presidencial e o impacto nas eleições 2022

Destaques do NSC Total