nsc
dc

Imunizados

SC tem maior aplicação da 2ª dose e soma 322 mil vacinados contra Covid-19

No total, 1,1 milhão catarinenses já receberam ao menos a primeira aplicação

17/04/2021 - 06h47

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Municípios coordenam campanha local
Municípios coordenam campanha local
(Foto: )

Santa Catarina registrou nesta sexta-feira (16) 1,1 milhão de vacinados contra o coronavírus. Destes, 322 mil correspondem à segunda dose, que teve a maior aplicação durante toda a campanha até o momento: foram 55.690 aplicações do reforço necessário entre quarta e sexta-feira.

> Acompanhe dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

> Painel do Coronavírus: saiba como foi o avanço da pandemia em SC

Com os novos números, o ritmo médio diário de imunização, que até então estava em pouco mais de 22 mil, sobe para 28 mil. Os dados são da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive). No acumulado, os municípios catarinenses já aplicaram exatas 1.181.615 doses, das quais 859.583 correspondem à primeira dose e 322.032 têm relação com a segunda.

No total, o Estado recebeu 1.701.940 frascos do Ministério da Saúde. A remessa mais recente, de 229 mil doses, chegou na madrugada desta sexta-feira e foi distribuída durante o dia.

Fazem parte do grupo prioritário os profissionais da saúde, pessoas com deficiência que frequentam instituições, população indígena, profissionais das forças de segurança e salvamento e idosos com mais de 60 anos.

Importância da 2ª dose

Para a médica epidemiologista e professora do Departamento de Saúde Pública da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Ana Curi Hallal, é importante que a população tenha consciência sobre a importância da aplicação com as duas doses da vacina.

Ana alerta que é preciso que a população tenha atenção em relação ao período entre as duas doses, que é diferente para a CoronaVac e a Astrazenca. No caso da primeira, o intervalo é de 21 a 29 dias, já no imunizante de Oxford, o tempo é maior, de até 12 semanas.

— Além de tomar a segunda dose no intervalo recomendado, as pessoas precisam manter os cuidados apesar de serem vacinados. A vacina protege contra os casos graves, ela não protege contra a infecção e contra a transmissão da doença. Mesmo vacinada a pessoa pode transmitir também pode ter essa doença, claro, que de forma mais leve — ressalta.

No ritmo atual, população prioritária de SC seria imunizada em agosto

Com a melhora no ritmo médio da vacinação diária em Santa Catarina, a previsão é que, se continuar na velocidade que está, o público prioritário da campanha terminará de ser imunizado no começo de agosto, conforme do Monitor da Vacina, do NSC Total.

Acompanhe o avanço da vacinação no Monitor da Vacina

No ar desde 20 de janeiro, o Monitor da Vacina, do NSC Total, reúne detalhes em mapas e gráficos sobre o avanço da imunização em Santa Catarina e o estágio da vacinação pelo mundo.

Nova variante do coronavírus já foi identificada em ao menos 10 estados do Brasil

A página reúne estimativas sobre o avanço da campanha em cada município, cruzamento de dados que mostram a taxa de aplicação das vacinas recebidas em cada região e detalhes sobre a população de cada grupo prioritário atendida pela campanha.

O Monitor da Vacina é atualizado três vezes por semana ou conforme novos dados são divulgados pelo Ministério da Saúde e Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC. A página pode ser acessada neste link.

Colunistas