nsc
dc

ESTRADAS INTERDITADAS

SC tem terceiro dia com bloqueios em rodovias; acompanhe

Há restrições para passagem de caminhões em rodovias federais e estaduais

09/09/2021 - 06h44 - Atualizada em: 09/09/2021 - 20h27

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Clarissa
Por Clarissa Battistella
SC-155 foi bloqueada parcialmente em Abelardo Luz
SC-155 foi bloqueada parcialmente em Abelardo Luz
(Foto: )

Santa Catarina chega ao terceiro dia de bloqueios em rodovias nesta quinta-feira (9). As interdições começaram no feriado da Independência, 7 de setembro, como parte de manifestações em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os manifestantes defendem pautas antidemocráticas e atacam o Supremo Tribunal Federal (STF). Foram registradas interdições em todas as regiões do Estado (veja os pontos abaixo).

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Filas e falta de gasolina: a situação dos postos de combustíveis em SC

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os bloqueios, por enquanto, são restritos a caminhões. Carros de passeio e motos podem transitar pelas rodovias. A atualização mais recente sobre as interdições foi publicada pela PRF às 19h51min, com pelo menos 4 pontos, 16 a menos do que o registrado nesta manhã. 

Um grupo chegou a interditar novamente uma faixa da BR-101, em Joinville, no km 25, segundo a concessionária que administra a via. Porém, a PRF conseguiu a liberação da via após conversa com os manifestantes. 

Foram liberados nesta quinta-feira áreas anteriormente bloqueadas nas BR-116, BR-470, BR-282, BR-280 e na BR-101. Em alguns pontos, a PRF chegou a anunciar a liberação e horas depois confirmou uma nova interdição dos locais. 

Segundo a polícia, a situação nas rodovias muda a todo instante. Os grupos, ainda de acordo com a PRF, liberam a via após as negociações, mas voltam a obstruir o tráfego em seguida. 

Duas decisões judiciais publicadas na noite de quarta determinaram o desbloqueio das rodovias federais. As ações pediram a retirada dos manifestantes que trancam pontos da BR-101, no trecho Sul, e um ponto da BR-116.

Doria e Maia criticam Bolsonaro após nota à Nação: "Frouxo", "rato"

Conforme a PRF, pontos de protesto em Garuva, Joinville e Itajaí foram desmobilizados em função do cumprimento da medida.

Liberação de rodoviais federais foi negociado pela PRF
Liberação de rodoviais federais foi negociado pela PRF
(Foto: )

Há bloqueios também em rodovias estaduais. Um boletim foi divulgado pela Polícia Rodoviária Estadual (PMRv) às 11h15min. Dos cinco pontos de interdição registrados na madrugada de quinta, apenas um permaceu com interdições até a tarde desta quinta.

Ele fica na SC-407, em Biguaçu. No local, o trânsito dos caminhões-tanque que saem do Centro de Distribuição da Petrobrás foi impedido por um grupo de manifestantes. Após decisão judicial, a PMRv se deslocou até o local. A via foi liberada por vola das 15h. 

Em Itajaí, manifestantes também bloquearam a base de abastecimento de combustível. Por volta das 13h30, parte do grupo liberou a saída de caminhões para realizar entregas

Em Guaramirim, no Norte de SC, o último centro de distribuição de combustíveis que seguia bloqueado foi liberado pouco antes das 16h desta quinta. A PRF fez escolta dos caminhões carregados com gasolina, que saíram em direção aos postos desabastecidos. 

Na madrugada desta quinta, manifestantes atearam fogo em entulhos, madeira e pneus na SC-412, em Itajaí. A ação foi no km 250. Segundo a polícia, os bombeiros estiveram no local e extinguiram as chamas. A via foi liberada. 

Veja os pontos interditados:

BR-280:

  • Bloqueio parcial em Canoinhas, nos km 230 e 235 

BR-282

  • Bloqueio parcial em Campos Novos, no km 345

BR-116: 

  • Bloqueio parcial na cidade de Mafra, na altura do km 7

Negociações com os manifestantes

A PRF confirmou ao Diário Catarinense ter recebido denúncias sobre caminhoneiros estarem sendo obrigados a juntar-se ao movimento, mesmo contrários a ele. A informação repassada pela polícia é que ocorrem negociações em todos os locais para liberações, muitas com sucesso, outras "ainda não".

Na quarta-feira (8), havia registro de caminhoneiros retidos contra a vontade em pelo menos quatro cidades: Garuva, Joinville, Itajaí e Campos Novos. Não há registros de motoristas feridos ou veículos danificados até a manhã desta quinta-feira.

Leia também 

Governo de SC afirma que poderá usar "braço forte" contra caminhoneiros

Caminhoneiros bloqueiam distribuidora e postos ficam sem gasolina no Norte de SC

Bolsonaro diz que bloqueios atrapalham economia e pede que caminhoneiros liberem rodovias

Justiça proíbe caminhoneiros de fechar rodovias federais de SC

Policial civil atira pro alto para conter briga durante paralisação em Araquari; assista​

Colunistas