Os secretários municipais Ed Pereira (União Brasil) e Fábio Braga (PSD), que haviam sido alvos de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira (18), em meio à Operação Presságio, foram afastados dos cargos pela prefeitura de Florianópolis horas depois. A saída foi anunciada pela gestão Topázio Neto (PSD) no início da noite e foi confirmada em edição do Diário Oficial do Município (DOM).

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O primeiro deles deixa a pasta de Turismo, Cultura e Esporte, que passará a ser chefiada por Zena Becker. Já o outro secretário não está mais à frente da secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, agora liderada por Eduardo Sardá, atual secretário-adjunto da Casa Civil.

— Ambos os secretários já estavam integrados nos projetos da prefeitura e vão dar seguimento ao trabalho sem prejuízo para a cidade — disse Topázio, conforme divulgado pela prefeitura.

Servidores comissionados da Câmara também são exonerados

O DOM ainda confirmou a exoneração dos dois servidores comissionados da Câmara Municipal que também foram alvos de busca e apreensão pela operação: Samantha Santos Brose, que é esposa de Ed Pereira e até então assessora parlamentar do vereador Marquinhos (PSC); e Gustavo Evandro Silveira Albino, que era secretário de comissão permanente do Legislativo de Florianópolis.

Continua depois da publicidade

A operação da Polícia Civil que fez buscas contra os nomes agora exonerados investiga um suposto esquema envolvendo crime ambiental de poluição, fraude à licitação, corrupção passiva, associação criminosa e lavagem de dinheiro em Florianópolis. Foram expedidos, ao todo, 24 mandados.

A suspeita é de que os crimes tenham sido praticados por agentes públicos com participação de particulares, tendo como foco uma licitação para coleta de resíduos sólidos, conforme mostrou a colunista do NSC Total Dagmara Spautz.

Veja imagens da operação contra secretários de Florianópolis

Leia mais

“Não vou passar a mão na cabeça”, diz prefeito de Florianópolis após operação envolvendo secretários

Continua depois da publicidade

Os bastidores da operação policial no apartamento do secretário da prefeitura de Florianópolis

Destaques do NSC Total