A jabuticaba foi eleita a segunda melhor fruta do planeta em um recente ranking internacional, do site TasteAtlas. A fruta brasileira, originária da região da Mata Atlântica e comum em Santa Catarina, superou variedades como o morango e a laranja e foi a espécie nacional mais bem avaliada, com 4,7 estrelas de um total de 5. As informações são do jornal Estadão.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

No ranking mundial, a jabuticaba ficou atrás apenas do mangostim, fruto de origem asiática. O levantamento foi atualizado em 16 de novembro e reúne avaliações de pratos e produtos típicos dos países.

A segunda melhor fruta do mundo tem produção tímida no Estado. Segundo o Censo Agropecuário do IBGE, divulgado no ano passado com dados de 2017, existem 38 estabelecimentos que produzem jabuticaba no Estado. Eles se concentram em 27 cidades, a maioria delas na região Oeste.

Contudo duas cidades, Xanxerê e São Miguel do Oeste, respondem pela produção estadual registrada no Censo Agropecuário do IBGE daquele ano. Esses municípios também concentram os maiores números de propriedades em SC (9).

Continua depois da publicidade

Mesmo assim, o Estado ainda consegue ter produção representativa no país. Também segundo o último Censo Agropecuário, Santa Catarina tinha a quinta maior produção de jabuticaba do país, com 142 toneladas produzidas naquele ano. O Estado ficava atrás apenas de Paraíba, Minas Gerais, São Paulo e Goiás, maior produtor brasileiro, com 1,7 mil toneladas. A Epagri informa não ter dados de cultivo de jabuticaba no Estado pelo fato de não haver muitos produtores nesta atividade.

Técnica otimiza produtividade

O produtor catarinense Jorge Luiz Elautério da Luz, de Faxinal dos Guedes, no Oeste de SC, trabalha há 16 anos com o cultivo de jabuticaba. Ele atua com jabuticaba híbrida gigante, com frutos maiores e diferente da variedade nativa, considerada mais comum.

Jorge conta que atualmente tem cerca de 1,4 mil pés na sua propriedade. A fruta tem ciclo de colheita no verão, podendo render até três períodos de safra entre setembro e março.

Neste ano, a pouca incidência de frio e as chuvas constantes dos últimos meses dificultaram a floração da primeira leva, mas a expectativa é de que a partir de meados de dezembro a produção comece a render frutas.

Continua depois da publicidade

Jorge conta que a jabuticaba é uma fruta demorada e difícil de produzir, com técnicas como o enxerto de pés, comum para acelerar o tempo de produção de novas mudas. Apesar disso, eles foram descobrindo novas maneiras e conseguiram reduzir o tempo de produção de um novo pé de 18 anos para até 4 anos.

— Sempre tive paixão, sempre gostei de jabuticaba. A variedade que produzimos aqui tem bastante polpa e chama a atenção, porque dá para aproveitar de várias formas — conta o produtor.

Veja fotos do cultivo de jabuticaba em SC

O ranking

As análises do ranking internacional são feitas por usuários, com notas de 0,5 a 5, e não por especialistas em gastronomia. Outras frutas do Brasil também foram lembradas na lista. O açaí ficou entre os 10 melhores do mundo no ranking, com 4,5 estrelas. Já o famoso guaraná, também de origem amazônica, foi apenas o 41º colocado.

Continua depois da publicidade

Leia também

Fenômeno El Niño vai garantir verão excepcional para SC

Município de SC é condenado a indenizar família de criança que quebrou braço em escorregador

Florianópolis vai ganhar lavanderia pet friendly, saiba onde será

Destaques do NSC Total