nsc
hora_de_sc

Destruição

Seis apartamentos são interditados após incêndio em condomínio em Florianópolis

Fotos e vídeo mostram a destruição do lugar após o incêndio, que fez com que moradores de outros andares se abrigassem em outros lugares

30/11/2021 - 17h31 - Atualizada em: 30/11/2021 - 19h54

Compartilhe

Gabriela
Por Gabriela Ferrarez
Segundo os técnicos, a estrutura do prédio não corre risco de colapso
Segundo os técnicos, a estrutura do prédio não corre risco de colapso
(Foto: )

O prédio em que um apartamento que pegou fogo no Córrego Grande, em Florianópolis, na manhã desta terça-feira (30), foi vistoriado pela Defesa Civil. A avaliação foi feita no início da tarde e, segundo os técnicos, a estrutura, que fica em um condomínio, não corre risco de colapso. Apesar disso, seis apartamentos foram interditados por segurança. 

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Mesmo sem risco de desabamento, o síndico do prédio e os moradores foram orientados pela Defesa Civil a revisar todos os sistemas (elétrico, hidráulico e de gás) do prédio antes de reativá-los. Os donos do apartamento atingido perderam todos os móveis, além do fogo ter danificado todas as paredes, sistemas e tubulações da residência. Fotos mostram a destruição do local logo após o incêndio (veja no fim da matéria). 

O incêndio começou no apartamento 503 do bloco B do condomínio, mas ao todo, as residências do número 103 ao 603 do mesmo bloco também foram interditadas temporariamente para reparos. São os apartamentos que ficam abaixo e em cima do que incendiou.

— Em até 30 dias será emitido o laudo de vistoria. As famílias que tiveram as unidades interditadas encontram-se acolhidas em casa de amigos e parentes — explicou o assessor técnico da Defesa Civil, Samuel Vidal.

Veja fotos

Assista ao vídeo que mostra a destruição do apartamento

Leia também

Acidente com caminhão deixa 11 mil imóveis sem luz na Grande Florianópolis

Apagão deixa mais de 50 mil sem luz em Araquari, Barra do Sul e São Francisco do Sul

Dois casos da variante Ômicron são confirmados no Brasil, diz Anvisa

Colunistas