nsc
dc

Pandemia

Sobe para 12 o número de regiões de SC em risco gravíssimo para a Covid-19

Médio Vale do Itajaí e Foz do Itajaí-Açu foram as áreas que tiveram piora no quadro, conforme matriz do Estado

13/02/2021 - 08h51 - Atualizada em: 13/02/2021 - 09h10

Compartilhe

Augusto
Por Augusto Ittner
Médio Vale, região de Blumenau, voltou à condição vermelha no mapa.
Médio Vale, região de Blumenau, voltou à condição vermelha no mapa.
(Foto: )

O novo mapa de risco para o coronavírus do governo do Estado aponta que 12 regiões estão na condição “gravíssima” da pandemia, o cenário mais preocupante. Duas áreas tiveram piora no quadro, conforme a matriz: o Médio Vale do Itajaí (região de Blumenau) e a Foz do Itajaí-Açu (região de Itajaí). Ambas regrediram à cor vermelha.

> Receba notícias de SC por WhatsApp. Clique aqui e saiba como

Apenas quatro regiões permanecem em risco “grave” (veja abaixo). O Alto Vale do Itajaí e três áreas no Sul do Estado: Extremo Sul, Carbonífera e Laguna. Todas as demais estão em “gravíssimo”, o que inclui do Meio-Oeste ao Extremo Oeste de Santa Catarina — áreas em condição delicada e, até, em colapso por conta da alta na ocupação de leitos de UTI.

> Em meio a colapso, Chapecó descarta lockdown

O relatório divulgado pelo governo de SC mostra que as regiões com cenário mais confortável são justamente as que compõem o Sul do Estado. Em todas, a capacidade de atenção — índice que leva em conta a ocupação de leitos reservados à Covid-19 — está em azul, o que representa uma realidade tranquila.

Em contraste, o Oeste e Extremo Oeste têm todos os indicadores em vermelho, o que configura uma conjuntura de preocupação. 

Essa é a segunda vez em que o Estado opta por divulgar a nova matriz no sábado. De acordo com a Secretaria de Saúde (SES), o objetivo da alteração é proporcionar a atividades e municípios maior prazo para adequações e restrições sanitárias, diante de eventuais mudanças de classificação, facilitar a organização dos órgãos fiscalizatórios.

As regiões em risco "gravíssimo":

Médio Vale

Foz do Itajaí-Açu

Alto Vale do Rio do Peixe

Alto Uruguai Catarinense

Meio-Oeste

Nordeste

Oeste

Planalto Norte

Extremo Oeste

Grande Florianópolis

Serra Catarinense

Xanxerê

As regiões em risco "grave":

Alto Vale do Itajaí

Carbonífera

Laguna

Extremo Sul

Colunistas