nsc
dc

Pandemia

Sobe para 122 o número de casos confirmados do novo coronavírus em SC; casos suspeitos tiveram queda

Governador comemora resultado das medidas de restrição e estuda retomada progressiva dos serviços após período de quarentena 

25/03/2020 - 17h36 - Atualizada em: 25/03/2020 - 20h55

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
João Lucas
Por João Lucas Cardoso
Governador de SC, Carlos Moisés da Silva
Governador de SC, Carlos Moisés da Silva
(Foto: )

Em transmissão ao vivo no final da tarde desta quarta-feira (25), o governo de Santa Catarina atualizou o número de casos do novo coronavírus no Estado. São 122 pessoas com diagnósticos confirmados para a doença, seis em Unidade Intensiva de Tratamento (UTI), e 325 suspeitos. Entre os pacientes, 53% dos casos positivados para Covid-19 são mulheres.

​​​​​> Em site especial, saiba tudo sobre coronavírus

Há pacientes confirmados em 28 municípios de SC, com novos casos confirmados em São Pedro de Alcântara, Camboriú, Canelinha, Arroio do Silva e São Ludgero. Um dos casos que estava em tratamento na UTI apresentou melhora e segue em tratamento sem riscos, informou a Secretaria de Estado de Saúde. Já em relação a casos de morte, ainda não houve confirmação em cidades catarinenses. No entanto, dois óbitos estão em investigação nas regiões Sul e Oeste. Ambos os casos são de pessoas que apresentavam sintomas, mas não haviam notificado a vigilância epidemiológica dos municípios.

O governador Carlos Moisés da Silva (PSL) reforçou a posição de enfrentamento à transmissão do vírus Covid-19 com o isolamento social e manteve a decisão de estender a segunda semana de quarentena em todo o território catarinense:

- Esta semana é crucial, sem afrouxamento do governo para colhermos frutos do esforço. E a redução nos casos suspeitos é a prova cabal de que o que estamos promovendo aqui é um freio de contágio. Temos certeza que as medidas vão salvar pessoas. Ninguém tem menos valor ou é menos importante, por sua idade, condição física ou doença que tenha.

Obras públicas

Moisés afirmou que vai publicar, neste primeiro momento, portaria que regula atividade de retorno de obras públicas e da cadeia logística necessária para atender esses serviços. Serão autorizadas, em território catarinense, segundo o governador, obras de ampliação e manutenção de serviços essenciais.

> "Inaceitável" e "equivocada": entidades catarinenses criticam falas de Bolsonaro sobre o coronavírus

Ainda, segundo Moisés, serão autorizadas atividades de suporte e de disposição de insumos, que ficam autorizadas a funcionar, exclusivamente, para dar continuidade nas obras públicas. No entanto, estar poderão operar apenas por meio de tele-entrega ou delivery. As portas dos estabelecimentos (lojas de materiais de construção, por exemplo) devem permanecer fechadas, afirmou Moisés.

- É a segunda semana de restrição, mas estamos negociando com os setores, com todas as categorias, recebendo propostas e vamos encaminhar e olhar para frente para sair desta situação com segurança. O objetivo agora não é a inanição total, mas que as atividades convivam com vírus.

Veja a evolução do coronavírus em todas as cidades de SC

Surpresa com manifestação do Bolsonaro

Ao iniciar a transmissão ao vivo, o governador reiterou sua posição em relação aos pronunciamentos de Jair Bolsonaro. Pela manhã, Moisés afirmou estar "estarrecido" com a fala do presidente. Em coletiva de imprensa reafirmou a surpresa em relação ao presidente:

- Tivemos reunião com presidente da República pela manhã e fomos surpreendidos com mudanças no tom do pronunciamento, à noite.

Moisés usou dados técnicos para embasar sua surpresa em relação a Bolsonaro. Segundo ele, em quadro otimista, 50% da população será infectada e 10% delas ficarão em estado grave, que necessita de cuidados hospitalares. Acima disso, estão os pacientes que necessitam de mais cuidados. Desses, 2% ou 1% vai morrer, disse o governador, prevendo resultado otimista. Após explanação dos dados, reiterou a responsabilidade de quem administra as crises, sejam elas de saúde ou econômica:

- Hoje não é alinhamento político, mas para proteger a população. Todas as falas têm de ser revestida de responsabilidade e vamos responder pelas medidas que adotamos e já programando formas de conviver com vírus, sem escolher quem vai morrer. E provável que tenhamos óbito, mas queremos ter zero e por isso trabalhamos.

Opinião: Jair Bolsonaro não tem mais condições de liderar o país

MS manifesta preocupação com o Sul do país

Às 16h desta quarta-feira, enquanto atualizava a situação do Covid-19 em todo o país, o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, manifestou preocupação com os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, com 122 e 162 casos confirmados cada um, respectivamente.

Questionado sobre a fala do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o secretário estadual de Saúde, Helton Zeferino, ponderou que a preocupação já havia sido demonstrada em outras ocasiões, devido ao clima e as baixas temperaturas justamente no período em que se espera o pico de contaminação da doença.

- Pelo clima mais frio, se espera mais acometimento do sistema respiratório. Isso preocupa pelo quadro de saúde da população, por isso estimulamos a vacinação da gripe e preconizando a proteção da faixa mais idosa - comentou Zeferino.

Cidades com casos confirmados de coronavírus

Segundo o secretário de Saúde, Helton Zeferino, houve mudança na contagem de casos confirmados por cidade, motivo pelo qual ocorreram alterações nos números confirmados com o novo coronavírus em cidades como Florianópolis:

- Levamos em consideração, agora, o endereço da pessoa, mesmo que tenha notificado em outra cidade, onde não reside - argumentou.

Arroio do Silva - 1

Balneário Camboriú -7

Blumenau - 9

Braço do Norte - 9

Camboriú - 2

Canelinha - 1

Chapecó - 2

Criciúma - 11

Florianópolis - 16 (-4) casos realocados, porque não residem na Capital

Gaspar - 1

Gravatal - 3

Içara - 1

Imbituba - 4

Itajaí - 12

Jaguaruna - 2

Jaraguá do Sul - 2

Joinville - 5

Lages - 1

Laguna - 1

Navegantes - 3

Pomerode -1

Porto Belo - 2

Rancho Queimado - 2

São Jose - 5

Sao Ludgero -1

São Pedro de Alcântara - 1

Tijucas -1

Tubarão - 8

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Saúde

Colunistas