nsc
    santa

    Violência nas estradas

    Suspeito de causar acidente que matou jovem em Balneário Camboriú é identificado pela polícia

    Motorista que teria causado a colisão será convocado a depor ainda nesta semana; perícia avalia danos no carro e circunstâncias do acidente

    08/02/2021 - 19h21 - Atualizada em: 09/02/2021 - 12h45

    Compartilhe

    Jean
    Por Jean Laurindo
    Jeane Fagundes
    Jeane Fagundes, de 23 anos, era estudante de Nutrição
    (Foto: )

    O motorista suspeito de ter causado o acidente que provocou a morte de uma jovem de 23 anos na noite deste domingo (7), em Balneário Camboriú, foi identificado pela Polícia Civil. O homem tem aproximadamente a mesma idade da vítima, é morador de Balneário Camboriú e deve ser convocado a prestar depoimento ainda nesta semana.

    > Acidente mata jovem de 23 anos em Balneário Camboriú; motorista fugiu do local

    Segundo o delegado David Queiroz, responsável pelo caso, enquanto isso a investigação apura paralelamente outras informações sobre o acidente. Uma perícia no veículo, que foi apreendido, deve analisar se os danos no carro são compatíveis com o acidente que causou a morte da jovem. A polícia também busca saber onde o suspeito estava antes do crime e se há impressões digitais dele no automóvel que se envolveu na colisão.

    Outras informações devem ser divulgadas ao longo da investigação e após depoimentos das pessoas envolvidas.

    Como será a fila de vacinação dos idosos contra o coronavírus em SC

    Entenda o caso

    Jeane Fagundes, 23 anos, morreu depois que a moto em que ela estava foi atingida na traseira por um automóvel Citroen C3 na Avenida Normando Tedesco, em Balneário Camboriú. Ela foi atropelada pelo veículo, que atingiu também o namorado da vítima, que precisou ser levado ao hospital.

    De acordo com informações da Guarda Municipal, o motorista fugiu do local sem prestar socorro. Na fuga, ainda teria atingido outro pedestre, que não sofreu ferimentos graves. O automóvel foi encontrado minutos depois, com a parte frontal destruída, na altura da Rua 4300. Moradores afirmaram que uma dupla teria abandonado o carro e fugido em direção à praia.

    Jeane era estudante de Nutrição e no dia do acidente chegou apostar fotos e vídeos de um fim de semana com amigos em Rio dos Cedros, no Médio Vale do Itajaí. A cerimônia de cremação ocorreu no fim da tarde desta segunda-feira (8).

    Leia também

    Detran deve voltar a emitir documento físico do veículo, decide Justiça

    Hacker suspeito de ataque racista em evento virtual em Joinville é identificado

    Dólar, exportações: os motivos da alta de 50% na carne bovina em um ano

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas