nsc
an

Segurança

Suspeitos de roubo em SC são mortos em confronto com a polícia na BR-376

Eles haviam saído de Joinville e eram monitorados pelos policiais

22/02/2022 - 15h09

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Confronto aconteceu na região de São José dos Pinhais (PR)
Confronto aconteceu na região de São José dos Pinhais (PR)
(Foto: )

Três suspeitos de roubarem uma loja de departamentos em Santa Catarina foram mortos em confronto com a polícia na BR-376, em São José dos Pinhais (PR), no início da manhã desta terça-feira (22).

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Segundo a RPC TV, o carro com suspeitos foi interceptado por volta de 4h30 por equipes da Polícia Militar. Eles haviam saído de Joinville e eram monitorados pelos policiais.

Quando foram abordados na região de São José dos Pinhais, os suspeitos teriam resistido e atirado contra os policiais militares, que revidaram com disparos de arma de fogo. Os três homens morreram ainda no local.

Em entrevista à RPC TV, o tenente Duarte, da Polícia Militar, afirmou que havia informações sobre o grupo ter cometido uma série de furtos e roubos na região de Curitiba e Colombo, no Paraná, e também em cidades de Santa Catarina.

- Hoje, recebemos a informações de que retornariam de um roubo em SC, de Joinville, e foi feito o acompanhamento tático. Infelizmente, os indivíduos entraram em confronto e em óbito no local - explicou.

Os policiais aprenderam com os suspeitos parte dos celulares roubados de uma loja de departamentos. Segundo as investigações, um dos homens já tinha passagem pela polícia. Agora, a Corregedoria da PM assume o caso.

Por causa do confronto entre suspeitos e policiais, a BR-376 ficou cerca de duas horas e meia com apenas uma faixa liberada. O trânsito foi totalmente liberado após o término da ocorrência.

Leia também:

Suspeito de estuprar adolescente durante rituais em Joinville é alvo de operação da polícia

Ex-assessor de Pazuello indiciado em SC é investigado por dois estupros; entenda

Operação em Joinville quer coibir série de furtos de cabos e fios de cobre

Preso com ecstasy em Guaramirim diz à polícia que vende drogas por falta de emprego

Colunistas