nsc
dc

Investigação

Tia é presa suspeita pela morte de menino de 2 anos no Oeste de SC

Ela era a responsável pela criança e foi presa na quinta-feira (10)

11/03/2022 - 16h22

Compartilhe

Caroline
Por Caroline Borges
Redação
Por Redação DC
Mulher era a principal suspeita
Mulher era a principal suspeita
(Foto: )

A tia do menino de 2 anos que morreu após dar entrada em um hospital de Ponte Serrada, no Oeste de Santa Catarina, é a suspeita de ter agredido a criança, segundo a Polícia Civil. Ela foi presa nesta quinta-feira (10). As informações são do g1.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O caso aconteceu no sábado (5). Em primeiro momento, as informações eram de que a criança teria caído da cama enquanto dormia. Porém, de acordo com o delegado responsável pelo caso, Marcelo Tescke, as lesões não apresentavam apenas uma queda. 

> Mulher coloca fogo em casa com os quatro filhos dentro e morre carbonizada em SC

A versão apresentada por um tio e a tia da vítima, responsáveis pelo menino, não eram compatíveis com as provas, de acordo com a Polícia Civil. As investigações seguem em andamento. 

A mulher foi presa preventivamente.

Relembre o caso

O caso aconteceu no último sábado (5), quando polícia foi acionada para atender uma criança que teria dado entrada no hospital com sinais de agressão. O menino, de 2 anos, sofreu uma parada cardiorrespiratória. Segundo a ocorrência, os médicos tentaram reanimá-la por cerca de 20 minutos.

> Menino de dois anos morre após suspeita de agressão no Oeste de SC

Em depoimento à polícia, a mulher disse que era responsável pelas crianças e que a mãe trabalhava em Brusque, no Vale do Itajaí. Quatro menores foram retirados da mulher. 

Leia também

Trabalhadores do transporte reagem à alta dos combustíveis: "Situação crítica"

Falta de UTIs, vacinação e variante Ômicron: o segundo ano da pandemia em SC

Colunistas