nsc
dc

Cidadania

Título de eleitor: como regularizar na reta final para votar em 2022

Prazo limite para regularização do documento é quarta-feira (4)

02/05/2022 - 17h27 - Atualizada em: 03/05/2022 - 10h23

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
A regularização pode ser feita presencial ou on-line
A regularização pode ser feita presencial ou on-line
(Foto: )

O prazo limite para o cadastramento eleitoral termina na quarta-feira (4). Até a data é possível fazer o primeiro título, transferir e regularizar o documento. Quem não estiver em dia com a Justiça Eleitoral ficará de fora do pleito que vai eleger presidente, governador, senadores e deputados estaduais e federais.

Receba notícias do DC via Telegram

Também é possível incluir o nome social no título de eleitor. A data vale ainda para idosos e pessoas com mobilidade reduzida solicitarem a transferência do local de votação para uma seção acessível.

Em Santa Catarina, a Justiça Eleitoral trabalha em regime de plantão até quarta. Quem prefere atendimento presencial pode procurar os cartórios eleitorais. O horário de funcionamento foi estendido, e os locais ficarão abertos das 10h às 18h. Em Florianópolis, o serviço funcionará até as 19h.

Para ser atendida de forma presencial, a pessoa interessada deve verificar se na sua cidade há vagas disponíveis no site do TRE-SC ou através do Disque-Eleitor (0800 647 3888). É necessário levar documento com foto e comprovante de residência durante o atendimento.

Serviços podem ser feitos on-line

Todos esses serviços podem ser feitos de forma on-line pelo site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até mesmo o pagamento das multas eleitorais atrasadas pode ser feito pela internet.

A equipe do Tribunal Regional de Santa Catarina também teve o horário de trabalho ampliado para atender as demandas on-line.

Ficou com dúvidas? O Diário Catarinense reuniu algumas dicas sobre a emissão, e-título e consulta do título de eleitor.

Quem deve transferir o título de eleitor

Se você mudou de cidade, Estado ou país deve solicitar a transferência de endereço. Para conseguir fazer a transferência do documento é necessário que o cidadão esteja morando há pelo menos três meses no novo local e não tenha transferido ou tirado a primeira via do documento nos 12 meses anteriores.

> Como transferir o título de eleitor

Saiba como consultar o número do Título de Eleitor

O e-Título é um aplicativo que traz informações como número do título, situação eleitoral e local de votação. No formato digital ou no modelo de papel, é obrigatório apresentar também um documento de identificação com foto para poder votar.

O aplicativo está disponível para download gratuito nas plataformas iOS e Android e funciona em smartphones e tablets. Depois de baixado, ele pode ser acessado pelo CPF, sem precisar lembrar o número do título de eleitor. O app também é acessível para pessoas com deficiência visual, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

> e-Título e documento com foto: saiba o que é preciso levar na hora do voto

Como consultar o número do título de eleitor

O número do título de eleitor pode ser consultado no site do TSE ou pelo Tribunal Regional Eleitoral. Também é possível utilizar o aplicativo para smartphone e-Título, para saber todas as informações referentes ao documento.

> Saiba como consultar o número do Título de Eleitor

Leia também 

Moisés pede a Ciro Nogueira aplicação da lei sobre transição energética do carvão

Fachin diz que não há poder moderador para intervir na Justiça Eleitoral

Congresso mantém vetos de Bolsonaro para investimentos em SC

Colunistas