nsc
dc

Alerta

Tubarão atinge 100% da ocupação de leitos de UTI pelo SUS em função do coronavírus

Cidade é referência e recebe pacientes de outros 17 municípios da região

07/07/2020 - 08h09 - Atualizada em: 07/07/2020 - 13h12

Compartilhe

Lariane
Por Lariane Cagnini
HNSC
HNSC de Tubarão está com todos os leitos de UTI para Covid-19, via SUS, ocupados
(Foto: )

Os leitos de UTI disponíveis pelo SUS para pacientes com coronavírus estão 100% ocupados em Tubarão, no Sul de Santa Catarina. No Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) estão habilitados 12 leitos na UTI adulto e cinco na UTI pediátrica. Na manhã desta terça-feira (7), todos os leitos adultos estavam ocupados com confirmados ou suspeitos de Covid-19.

> Novo ciclone chega a SC nesta terça-feira; rajadas de vento podem chegar a 70 km/h

Conforme dados da secretaria municipal de Saúde, ao todos são 17 pessoas internadas em UTI na cidade, entre confirmados com Covid-19 e suspeitos. Doze adultos e uma criança estão no HNSC, e quatro adultos no Socimed, em leito privado, segundo o secretário Daisson Trevisol. Os pacientes são de Tubarão, Imbituba, São Martinho, Capivari de Baixo, Braço do Norte e Gravatal.

No HNSC são mais oito leitos próprios para Covid-19 para pacientes particulares ou com convênio, cuja ocupação está em 12,5%. A enfermaria voltada para Covid-19 está com ocupação de 67% entre pacientes confirmados e suspeitos. O HNSC solicitou ao Governo a habilitação de mais cinco leitos SUS para a UTI adulto e aguarda a liberação.

> Terça-feira deve ter chuva forte em parte de Santa Catarina

Em entrevista ao Bom dia Santa Catarina, da NSC TV, o prefeito Joares Ponticelli disse que é preciso mais leitos para atender uma região com mais de 350 mil habitantes.

- Precisamos que o Governo do Estado efetivamente implemente mais leitos na região. Há 100 dias o governo anunciou que o hospital referencia no sul do estado seria de Araranguá. Dias depois, anunciou que era o de Laguna. Passaram-se 100 dias e ainda não tem nenhum leito à disposição. É preciso que o governo dê essa resposta rapidamente - cobrou o prefeito.

> Entidades se manifestam contra indicação de ivermectina para pacientes com covid-19

Sobre a possibilidade de aumento das restrições na região, para desacalerar a transmissão da doença, o prefeito descartou um possível "lockdown". Por enquanto, a decisão deve ser por ampliar os decretos municipais nas 18 cidades que fazem parte da Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel). Até quinta-feira, 9, o grupo deve anunciar as novas decisões em relação ao assunto.

Estado nega ter atribuição de habilitar leitos de UTI

A Secretaria de Estado da Saúde emitiu uma nota na tarde desta terça-feira (7) questionando a fala do prefeito de Tubarão alegando que não seria responsabilidade do Estado habilitar leitos de UTI.

A nota diz que "na realidade, a responsabilidade é do hospital ativar os leitos e encaminhar uma manifestação à Secretaria de Saúde, conforme o que determina a Legislação Federal. Isso deve ocorrer depois que esses leitos estejam ativos, ou seja, em pleno funcionamento. O Estado encaminha tal pedido ao Ministério da Saúde, que por sua vez, avalia e habilita os leitos propostos pela unidade hospitalar".

O governo do Estado também rebateu a fala de que o Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus Passos, em Laguna, aguarda posicionamento do Estado para ampliação de leitos. Segundo o texto, o Estado foi informado sobre uma dificuldade do hospital em estruturar uma UTI e até agora "aguarda a manifestação oficial do município e da direção do hospital para avançar nas questões técnicas e de custeio".

Sobre leitos privados, a Secretaria de Estado da Saúde informa na nota que "o processo está em tramitação" e que a pasta "avalia questionamentos externos apresentados'.

O Estado aponta que desde o início da pandemia foram abertos 570 novos leitos em SC, sendo 54 na macrorregião Sul.

Colunistas