Um ano depois de desembarcar em Brasília para assumir o cargo de secretária de direitos ambientais e territoriais indígenas do Ministério dos Povos Indígenas, Kerexu Yxapyry está voltando para Santa Catarina. O anúncio foi feito nas redes sociais, onde a liderança Guarani do Morro dos Cavalos, em Palhoça, na Grande Florianópolis, revela que pretende participar das próximas eleições.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Em 2022, ela concorreu a deputada federal (PSOL) e recebeu 36 mil votos. Nas eleições de 2022, Kerexu fez dobradinha com o candidato eleito Marquito.

— A Secretaria está estruturada e chegou a hora de colocar novamente os pés na terra, no meu território, na floresta da Mata Atlântica. Agradeço aos meus familiares, a equipe que tanto me ajudou e a ministra Sonia Guajajara pela confiança — escreveu.

Kerexu destacou o aprendizado desses 11 meses e afirma que vai carregar na bagagem o conhecimento da vida política, mas também humano. Conta que nesse período procurou manter a essência do povo indígena.

Continua depois da publicidade


— Aprendi a conviver na política sem me perder na politicagem. Agora, seguiremos na caminhada pela homologação e pelas políticas públicas nos territórios indígenas também no sul do país.

Kerexu não falou acerca não homologação da Terra Indígena Morros dos Cavalos, conforme uma das promessas da Fundação Nacional do Índio (Funai) e que cresceu depois da criação do Ministério dos Povos Indígenas.

— Se antes [os indígenas] estavam na política com timidez, agora é com ousadia — promete.

Leia mais

Depoimento de Bolsonaro causa apreensão em comitiva de SC nos Emirados Árabes

Pré-candidaturas adiantam polarização Lula – Bolsonaro nas maiores cidades de SC

OUÇA: Investigados na Operação Presságio negociam supostos desvios de verba para eventos

Destaques do NSC Total