nsc
dc

HENRIQUE BILBAO

Uma breve História da I.A.

Através da inteligência artificial que a humanidade foi capaz de fazer avanços incríveis em inúmeros setores

03/08/2020 - 13h46

Compartilhe

Por Tech SC
ia
Inteligência Artificial.
(Foto: )

Henrique
(Foto: )

Por mais que possa parecer um assunto super anos 2000, a inteligência artificial é muito mais antiga do que você possa imaginar. Certamente que seus avanços recentes são de extrema importância para o nosso futuro, mas este é um assunto que já foi inspiração inclusive para filmes. Os clássicos "Matrix", "Eu, Robô", e tantos outros filmes da aclamada Hollywood abordam este tema desde 1927, ou seja, as ideias relacionadas com a I.A. são trazidas à tona muito antes do surgimento da tecnologia que tornou isso real.

Se você estiver se perguntando “mas afinal, o que é a inteligência artificial?” aqui vai uma resposta dada pela AAAI (Association for the Advancement of Artificial Intelligence). A I.A. nada mais é que "a compreensão científica dos mecanismos subjacentes ao pensamento e ao comportamento inteligente e sua incorporação nas máquinas".

Na teoria parece apenas uma porção de palavras bonitas em uma frase, mas na realidade é através da inteligência artificial que a humanidade foi capaz de fazer avanços incríveis na medicina, engenharia, comunicação, bem-estar, e inúmeros outros setores.

Já falamos por aqui em outro artigo do saudoso Alan Turing, personagem que inspirou o grande filme “O jogo da imitação” e um dos grandes responsáveis pelo impulsionamento da inteligência artificial através do aprendizado de máquinas (Machine Learning) e, além dele, a história da I.A. passa pelas mãos de grandes pessoas.

De modo geral, algumas literaturas dividem o período de evolução da inteligência artificial em dois: História Antiga e História Moderna. Podemos dizer que suas raízes intelectuais e o conceito de máquinas inteligentes podem ser encontradas desde a mitologia grega. Artefatos inteligentes aparecem na literatura desde então, com dispositivos mecânicos reais que se comportam com algum grau de inteligência. Após a disponibilização de computadores modernos, após a Segunda Guerra Mundial, tornou-se possível criar programas que executam tarefas intelectuais difíceis. A partir desses programas, são construídas ferramentas gerais que têm aplicações em uma ampla variedade de problemas diários.

> Inteligência Artificial na Engenharia de Produção

Na história moderna foi em 1943 que pela primeira vez alguém, no caso a dupla Warren McCulloch e Walter Pitts, escreveram sobre estruturas de raciocínio artificiais em forma de modelo matemático que imitam o nosso sistema nervoso. Mas, foi dando um salto até o ano de 1964 que conhecemos o primeiro chatbot - apresentação mais conhecida da inteligência artificial - do mundo: a Eliza, que se baseando em palavras-chaves e estrutura sintática conversava de forma automática imitando uma psicanalista, usando respostas baseadas em palavras-chave e estrutura sintática.

De lá pra cá, a quantidade de fatos históricos sobre os avanços da inteligência artificial são inenarráveis. A partir dos anos 2000 a AAAI destaca as seguintes conquistas:

- Animais de estimação robóticos interativos (também conhecidos como "brinquedos inteligentes") ficam disponíveis comercialmente, realizando a visão do século XVIII. fabricantes de brinquedos inovadores;

- Cynthia Breazeal, do MIT, publica sua dissertação em Sociable Machines, descrevendo o KISMET, um robô com rosto que expressa emoções;

- O veículo autônomo de Stanford, Stanley, vence a corrida DARPA Grand Challenge em outubro de 2005;

- O robô Nomad explora regiões remotas da Antártica procurando amostras de meteoritos.

> Como a I.A. detecta fraudes

Ainda há muito que descobrir, mas certamente devemos ser muito orgulhosos por todas as etapas que já passamos com a colaboração de inúmeros profissionais. E você, qual acha que será o próximo passo? Deixe aqui nos comentários!

Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

Colunistas