A utilização do Largo da Alfândega, no Centro de Florianópolis, como pista de skate tem causado a depredação da estrutura, inaugurada em 2020, segundo a Guarda Municipal da cidade. O uso da área está sendo fiscalizado pelo órgão, que desautoriza a prática do esporte no local.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Nesta quinta-feira (3), a batalha semanal de rap no Largo da Alfândega foi proibida pela prefeitura. De acordo com o órgão, até que a situação seja controlada, o duelo artistico fica vedado de acontecer. Câmeras de monitoramento foram instaladas pela área. 

— Florianópolis possui diversas pistas de skate e ali é local para as pessoas usarem de forma ordeira, o skate estraga muito os bancos. O que acontece é que o local estava sendo utilizado de forma errada, pichando, destruindo bancos e a prefeitura tem gastado muito dinheiro para manter o local — afirmou Valci Brasil, comandante da Guarda Municipal da cidade.  

A revitalizaão do Largo da Alfândega foi finalizada em fevereiro de 2020, em um investimento que chegou perto dos R$ 9,5 milhões. Toda a estrutura, de acordo com a prefeitura na época foi pensada para manter a segurança e conforto dos florianopolitanos e turistas. Por esse motivo, de acordo com a GMF, a circulação de pessoas está sendo fiscalizada e controlada,

Continua depois da publicidade

*Sob supervisão de Raquel Vieira

Leia também

Florianópolis sedia evento gratuito de videogames antigos neste sábado

Condenado por matar idosas no Ceará é preso em SC

Causa da morte de irmão de Taison em SC é inconclusiva, diz investigação

Destaques do NSC Total