nsc
dc

Coronavírus

Vacinação contra Covid-19 em gestantes é suspensa em SC

Medida ocorre após recomendação da Anvisa pela suspensão da aplicação da Astrazeneca em grávidas

11/05/2021 - 09h05 - Atualizada em: 11/05/2021 - 13h11

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Vacinação de gestantes foi suspensa em São Paulo, Rio de Janeiro e no Mato Grosso do Sul
Vacinação de gestantes foi suspensa em São Paulo, Rio de Janeiro e no Mato Grosso do Sul
(Foto: )

Santa Catarina suspendeu a vacinação contra a Covid-19 em gestantes. A determinação acontece após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendar a suspensão imediata da aplicação do imunizante Astrazeneca em grávidas. 

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

A Anvisa emitiu uma nota técnica na noite de segunda-feira (10) pedindo a suspensão imediata da aplicação do imunizante nas gestantes. O motivo não foi especificado e a agência disse apenas que monitora eventos adversos sobre as vacinas contra o coronavírus aplicadas no país. A bula da vacina não recomenda aplicação sem avaliação médica.

Em um primeiro momento, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que suspenderia apenas a aplicação da Astrazeneca. Contudo, optou pela suspensão total da aplicação de todos os imunizantes contra a Covid-19 em grávidas. 

A SES disse que aguarda o pronunciamento oficial do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde e da Anvisa para orientar as equipes de imunização sobre a continuidade da vacinação das gestantes contra a Covid-19.

— Por enquanto está suspensa a vacinação por precaução. Aguardamos pronunciamento oficial do Ministério da Saúde para orientarmos a continuidade da vacinação das gestantes em Santa Catarina — informou o superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário. 

Segundo Macário não foi registrado nenhum evento adverso grave em gestantes que receberam a Astrazeneca em Santa Catarina. 

A aplicação de vacinas contra Covid-19 em puérperas continua liberada pela Anvisa.

Em São Paulo a vacinação de gestantes com comorbidades foi suspensa. A medida foi adotada também, segundo o G1, pelo Rio de Janeiro e o Mato Grosso do Sul.

*Com informações do G1

Leia mais:

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Vacinação da Covid em SC: locais, fases de aplicação, idades e tudo sobre

Morre sexta pessoa da mesma família por Covid-19 em Ituporanga

Colunistas