nsc
dc

Rio de Janeiro

“Vi minha mão tremer e percebi na hora”, diz José Serra sobre Parkinson

Senador José Serra falou pela primeira vez sobre as mudanças em sua rotina após o diagnóstico da doença de Parkinson

16/09/2021 - 10h22

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
José Serra
Senador José Serra fala sobre Parkinson pela primeira vez
(Foto: )

O senador José Serra, de 79 anos, percebeu os primeiros sintomas da doença de Parkinson no início deste semestre. Ele falou pela primeira vez sobre o que mudou em sua rotina após a descoberta, em entrevista à jornalista Adriana Dias Lopes, do Globo.

> Receba as notícias do NSC Total em seu WhatsApp

— Vi minha mão tremer, ela começou a tremer parada. O dedão principalmente. Percebi na hora. Não foi repentino, isso aconteceu aos poucos. Começou no início desse semestre. Procurei os médicos e eles confirmaram o diagnóstico — disse Serra ao jornal.

Ele mencionou como tem sido o tratamento e os bons resultados obtidos com o remédio Propola. 

— Em pouco tempo fez um efeito extraordinário nos tremores. Pratico também exercícios, caminho todos os dias, e faço sessões de fisioterapia diárias — disse ele.

Serra também falou sobre a decisão de se afastar das atividades no Congresso. Ressaltou que ele tomou a decisão em conjunto com sua equipe médica. 

— Na hora fiquei um pouco chateado, mesmo concordando, porque sei que estou bem. Não teria tirado a licença se não tivesse que viajar, como o cargo demanda. Eles me sugeriram esse afastamento para eu poder me dedicar o máximo de tempo à minha saúde. Para tratar direito tem de haver tempo — afirmou o senador.

Leia mais em Metrópoles, parceiro do NSC Total.

*Grasielle Castro

Leia também 

Três das quatro vítimas do acidente em Ponte Serrada eram da mesma família; veja quem são

Operação da PF mira grupo que usou barcos de pesca para tráfico internacional em SC

Morador encontra cobra de 1,5 metro em quarto de ferramentas em Jaraguá do Sul; veja o resgate

Colunistas