Um vídeo pessoal da família do pequeno Augusto mostra o momento em que o garoto chega ao mundo em um parto empelicado. O nascimento ocorreu na última quarta-feira (7), no Hospital Santa Catarina de Blumenau. A mãe de primeira viagem, Samara Effting Vieira, deu à luz gêmeos e nem imaginava que um dos filhos sairia dentro da bolsa amniótica.

Continua depois da publicidade

Isso é considerado raro, pois acontece em 1 a cada 80 mil nascimentos, em média.

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Na gravação compartilhada com o Santa, a equipe médica mostra surpresa ao conseguir tirar o bebê dentro da bolsa. No vídeo é possível ouvir uma das profissionais dizendo que o pequeno ainda estava dormindo. Augusto recebe até um “boa tarde, tudo bem com você?” quando rompem a membrana com o dedo, em um movimento rápido.

Outra pessoa na sala brinca: “Ninguém avisou, né? Estava dormindo”.

Continua depois da publicidade

Augusto nasceu de 32 semanas e dois dias, com 1,7 quilo. Ele é gêmeo do pequeno Bernardo, o primeiro a nascer quando a bolsa se rompeu e a mamãe entrou em trabalho de parto.

— É um parto raro, porém mais comum em gestações gemelares e principalmente em bebês prematuros. A gente opta sempre que possível por realizar esse tipo de parto, nesses casos, porque sabemos que tem um benefício principalmente de proteção contra traumas na retirada desse bebê — explica.

Samara contou que os bebês estão na UTI, intubados e com respirador, mas evoluindo bem.

Parto empelicado: descubra o que é e como acontece

Assista ao momento do parto empelicado

Leia mais

Veja a importância do cuidado com a saúde mental após o parto

Entenda as mudanças que ocorrem na pele durante e após a gravidez

Destaques do NSC Total