A mina de sal-gema operada pela Braskem, em Maceió (AL), sofreu um rompimento neste domingo (10). Segundo informações da Defesa Civil, por volta das 13h15, a mina 18 afundou. O problema pôde ser percebido num trecho da Lagoa Mundaú, bairro do Mutange.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Técnicos da Defesa Civil monitoram o o local em busca de mais informações. A Defesa Civil ressalta que a mina e todo o seu entorno estão desocupados e não há qualquer risco para as pessoas.

Nas últimas 24h, a mina de sal-gema cedeu mais 12,5cm. De acordo com o mais recente boletim da Defesa Civil, o deslocamento vertical acumulado da mina é de 2,35m, e a velocidade vertical, de 0,52cm por hora. O estado de alerta da Defesa Civil é permanente devido ao risco de colapso da mina 18.

‘Imagens divulgadas pela Prefeitura mostram o reflexo do rompimento na lagoa. Assista:

Continua depois da publicidade

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também

Solo afunda mais rápido nas últimas 24 horas em Maceió e Defesa Civil reforça alerta

FOTOS: Veja como estão os bairros fantasmas de Maceió

Destaques do NSC Total