nsc
nsc

Fiscalização

Florianópolis tem blitz em estabelecimentos barulhentos

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
29/05/2021 - 17h19
Fiscais aplicação notificação em local que descumpre regras sonoras em Florianópolis
Fiscais aplicação notificação em local que descumpre regras sonoras em Florianópolis (Foto: Divulgação/PMF)

Estabelecimentos comerciais denunciados por poluição sonora foram alvo de uma operação em Florianópolis. A fiscalização ocorreu na noite desta sexta-feira (28), quando a Fundação Municipal do Meio Ambiente (Floram) e a Superintendência de Serviços Públicos (Susp) da prefeitura fizeram abordagens no Norte da Ilha. A Polícia Militar (PM-SC) e a Polícia Civil também apoiaram a ação.

"Blitz do sossego" precisa ser ampliada para outras regiões de Florianópolis

A ideia foi coibir poluição sonora pela identificação e autuação dos estabelecimentos comerciais que emitem ruídos em excesso, acima dos limites permitidos por lei, que funcionam sem possuir autorização para uso de fonte sonora ou sem o Certificado de Tratamento Acústico. Ao todo, 44 comunicações oficiais, entre notificações e autos de infração com multas e interdições, foram emitidas pelos fiscais. O trabalho durou oito horas, sendo duas para atender a ocorrência em um estabelecimento em que o proprietário desacatou os servidores.

Os fiscais estiveram nos bairros Ingleses, Vargem Grande e Rio Vermelho por conta do crescente número de denúncias realizadas pelos moradores da região.

A superintendente da Floram, Beatriz Kowalski, afirmou que a fiscalização tem ainda mais importância nesse momento porque é um período em que as pessoas ficam mais em suas residências. A desobediência às regras acabam causando perturbação do sossego aos moradores.

Motorista em SC teme pegar Covid-19 em bafômetro de blitz da lei seca

Dos 21 autos de infração aplicados durante a ação, 18 foram para que o local não use fontes sonoras até ajustar o espaço. Houve casos de reincidentes também, e ainda im caso em que parte do local será demolida por estar em área irregular.

Denúncias de locais barulhentos podem ser feitas em via email do setor responsável: ouvidoria.floram@pmf.sc.gov.br ou por um site da prefeitura de Florianópolis, onde estão orientações e formulário.

Leia também:

Saliva compartilhada? Como é feito o bafômetro durante a pandemia em blitz de Lei Seca

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas