nsc
    nsc

    Definição

    O dia previsto para a decisão sobre o afastamento de Moisés e Daniela no processo de impeachment

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    24/09/2020 - 11h36 - Atualizada em: 25/09/2020 - 11h42
    Carlos Moisés e Daniela Reinehr terão futuro definido no dia 7 de outubro
    Carlos Moisés e Daniela Reinehr terão futuro definido no dia 7 de outubro (Foto: Diórgenes Pandini/NSC)

    O Tribunal de Julgamento que decidirá o futuro do governador Carlos Moisés da Silva e Daniela Reinehr se reúne nesta sexta-feira (25) para definir o calendário dos trabalhos. Dentro da programação será definida a data da votação sobre o afastamento ou não do governador da vice no processo de impeachment. O presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), Ricardo Roesler, apresentará o cronograma que prevê o posicionamento dos cinco deputados e cinco desembargadores no dia 7 de outubro, uma quarta-feira, conforme informação de bastidor.

    Composição do tribunal do impeachment coloca futuro de Moisés nas mãos dos desembargadores

    Todos os atos vão ocorrer na Assembleia Legislativa (Alesc). Com isso, a votação sobre o afastamento, como os outros atos, será no plenário. O formato da votação e outros detalhes serão discutidos na primeira reunião do Tribunal, nesta sexta.

    Secretário de Saúde diz que impeachment ameaça continuidade do combate à pandemia em SC

    Inicialmente, a procuradoria da Assembleia havia sinalizado para os prazos contados em dias úteis, o que faria a votação ocorrer no dia 9. Mas a tendência é que os 10 dias previstos no trâmite do impeachment sejam em dias corridos, o que terminaria em 7 de outubro. No dia, vão votar os cinco desembargadores e cinco deputados. O presidente do Tribunal somente vota em caso de empate.

    Atualização - 25/9/20, às 12h42min:

    O cronograma apresentado pelo desembargador Ricardo Roesler prevê que o relatório será apresentado em 7 de outubro, mas a votação ocorrerá em outra data a ser marcada. A tendência é que seja depois do feriado de 12 de outubro.

    Mais colunistas

      Mais colunistas