nsc
    nsc

    Transparência

    Os gastos de Santa Catarina com a recuperação do ciclone bomba e como acompanhá-los

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    15/08/2020 - 10h42 - Atualizada em: 16/08/2020 - 13h17
    Ciclone bomba deixou destruição em Santa Catarina
    Ciclone bomba deixou destruição em Santa Catarina (Foto: Corpo de Bombeiros, Divulgação)

    Há como acompanhar o dinheiro aplicado pelo governo de Santa Catarina na recuperação dos estragos do ciclone bomba de 30 de junho. Uma ferramenta foi incluída no Portal de Transparência do governo pela Controladoria-Geral do Estado (CGE) com os dados dos valores gastos. Até o momento, foram comprometidos R$ 19,1 milhões em orçamento para ajudar os municípios.

    Através do portal, é possível consultar os valores de forma detalhada, com filtragens diferentes. Para isso, foi incluído o complemento 120 (ciclone extratropical), utilizado obrigatoriamente nas notas de empenho relativas ao evento. Dentro do site do Portal há um banner chamado "Ciclone 2020" junto à área de despesas do enfrentamento ao coronavírus.

    Segundo o gerente de Transparência e Dados Abertos da CGE, Maurício Lyrio, a ideia é disponibilizar, de forma contextualizada, Informações sobre temas relevantes à sociedade catarinense.

    Situação de calamidade pública

    O Governo de Santa Catarina decretou estado de calamidade pública após a passagem do ciclone que causou estragos em mais de 100 cidades e deixou ao menos nove pessoas mortas. As rajadas de vento provocadas pela passagem do ciclone chegaram a 134 km/h. A tempestade atingiu praticamente todas as regiões do Estado. Segundo a última atualizadação da Defesa Civil, 135 cidades catarinenses registraram estragos. Mais de 1,5 milhão ficaram sem engeria elétrica.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas