nsc
nsc

Estatísticas

Projeção do Estado aponta para escalada da curva de mortes por coronavírus em SC

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
24/11/2020 - 13h22 - Atualizada em: 25/11/2020 - 10h16
Números mostram evolução da doença em Santa Catarina
Números mostram evolução da doença em Santa Catarina (Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom)

Os números da secretaria de Estado da Saúde (SES) projetam semanas preocupantes em Santa Catarina. Com a subida dos casos de coronavírus, o mais recente modelo epidemiológico aponta para uma escalada de mortes nas cidades catarinenses até 13 de dezembro. O estudo assinado pelo médico Guilherme de Camargo, coordenador da Sala de Situação de Saúde, aponta para até 583 óbitos nas próximas semanas caso a taxa de transmissão continue elevada.

> Confira mapa de risco para coronavírus atualizado

O modelo foi concluído no dia 16 de novembro com dados até o dia anterior, e estima três diferentes cenários conforme as variáveis de transmissão da doença. Atualmente, segundo o levantamento, o Estado varia entre o segundo e o terceiro piores cenários. No dia 15 de novembro, havia 3.318 óbitos por conta da doença. A estimativa anterior, apresentada um semana antes, apontava entre 3.195, no cenário intermediário, e 3.553, no mais grave.

Para as próximas semanas a projeção é semelhante. Caso seja mantida a mesma tendência da semana passada, o total de mortes chegará a 4.074. O número mais recente, desta segunda-feira (23), é de 3.491. Com isso, o modelo prevê até 583 óbitos registrados por coronavírus em SC até 13 de dezembro.

Projeção das mortes em SC nas próximas semanas
Projeção das mortes em SC nas próximas semanas
(Foto: )

O estudo leva em conta o tempo de incubação do vírus, que é em torno de cinco dias, e a média de dias para uma pessoa ir a óbito por conta da doença. A estimativa atual é de que após os primeiros sintomas as mortes ocorrem 20,3 dias depois. A conclusão dos especialistas é que a curva de mortes atual é reflexo dos contágios de duas a quatro semanas atrás.

A atual taxa média de "Rt" em Santa Catarina, que são as variáveis levadas em conta para a curva de casos e mortes, é de 1,25. Quando ela estava abaixo de 1, afirmam os técnicos, a velocidade de óbitos é mais branda. Atualmente ela oscila entre 1,10 e 1,41 no Estado.

Leia também

> Blumenau e região voltam ao risco gravíssimo para o coronavírus; veja o que está proibido

> Joinville volta para risco gravíssimo; veja novas recomendações

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas