nsc
    dc

    Alerta máximo

    SC tem 13 das 16 regiões em risco gravíssimo para coronavírus

    Número de regiões com alerta máximo para a doença subiu de 3 para 13 em uma semana

    25/11/2020 - 06h36 - Atualizada em: 25/11/2020 - 19h40

    Compartilhe

    Por Guilherme Simon

    Subiu para 13 o número de regiões de Santa Catariana com risco gravíssimo (em vermelho) para coronavírus, aponta o novo mapa do governo do Estado. Este nível é o pior na classificação adotada. Outras três regiões estão em nível grave (laranja).

    > Cinco fatores que indicam agravamento da pandemia em Santa Catarina

    > UTIs de Santa Catarina registram maior ocupação de toda a pandemia de coronavírus

    A atualização foi obtida com exclusividade pelo jornalista Raphael Faraco e apresentada na manhã desta quarta-feira (25) no Bom Dia Santa Catarina, da NSC TV. A informação foi confirmada pelo governo na sequência.

    O novo mapa aponta um agravamento da situação em relação à semana passada, quando eram 3 regiões em alerta gravíssimo e 13 em situação grave. Nesta semana, a situação se inverteu.

    Situação atual

    Gravíssimo: Extremo Sul, Carbonífera, Laguna, Grande Florianópolis, Serra, Alto Vale do Itajaí, Médio Vale, Nordeste, Planalto Norte, Alto Vale do Rio do Peixe, Meio Oeste, Oeste e Xanxerê

    Grave: Foz do Rio Itajaí, Alto Uruguai e Extremo Oeste

    > Santa Catarina registra mais 36 mortes por coronavírus e aumento de ocupação de UTIs

    O mapa de classificação de risco é divulgado semanalmente pelo governo catarinense. Os níveis de risco, gravíssimo, grave, alto e moderado, são calculados a partir da combinação de fatores como transmissibilidade do vírus, leitos vagos e aumento de casos ativos de coronavírus em cada região.

    A piora no cenário da pandemia já era sinalizada pelo Painel do Coronavírus, ferramenta do NSC Total que mostra o avanço da doença no Estado. Nesta terça, reportagem do Diário Catarinense listou cinco fatores que indicavam a gravidade da situação, destacando que os números atuais apontam para patamares próximos ao vividos no inverno, quando o Estado atingiu os níveis mais críticos de óbitos e internações.

    Nesta terça-feira (24), foram confirmadas mais 36 mortes pela doença em Santa Catarina. Conforme dados da Secretaria de Estado da Saúde, são 24.052 casos ativos de Covid-19. No acumulado, o Estado tem 3.530 mortes e 332.076 casos confirmados desde o início da pandemia. 

    O índice geral de ocupação dos leitos de terapia intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) está em 81,4%. É a segunda maior ocupação desde o pico da pandemia, registrado em 5 de agosto.

    Leia também

    > Projeção do Estado aponta para escalada da curva de mortes por coronavírus em SC

    > Especialista explica como se define a eficácia das vacinas contra a Covid

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas