nsc
nsc

Alimentação saudável

Kombucha: conheça os benefícios da bebida milenar chinesa

Compartilhe

Carol
Por Carol Bandeira
14/06/2021 - 05h00
O kombucha é consumido há mais de 5 mil anos na China
O kombucha é consumido há mais de 5 mil anos na China (Foto: Banco de imagens)

Nesses últimos tempos muitos estão aderindo o Kombucha no seu dia a dia não é mesmo? E como muitas famílias me perguntam se faz bem ou faz mal , resolvi convidar a Nutricionista e Educadora Física Patricia Acioly para falar um pouco sobre esse assunto.

> Veja como receber as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

A alimentação adequada e saudável está diretamente relacionada à variedade de alimentos que estão presentes em seu prato no dia a dia. Há algum tempo temos falado da importância dos alimentos para a saúde intestinal, hoje vamos trazer para você informações sobre um alimento fermentado que tem ganhado espaço em nosso cardápio, diz Patricia.

O que é Kombucha

Essa é uma bebida consumida há mais de 5 mil anos na China. É obtida a partir da fermentação chá preto, verde ou mate, por culturas simbióticas que podem ser bactérias ou leveduras, proporcionando a este alimento fermentado a ação probiótica em nosso organismo.

Benefícios do Kombucha

Melhora da microbiota intestinal (regulariza o funcionamento do intestino e auxiliando no tratamento da prisão de ventre)

Melhora do sistema imunológico

Tem potencial anti-inflamatório e anti-carcinogênico. 

Estes benefícios estão associados aos produtos da fermentação, como ácido glucurônico, polifenóis e vitaminas do complexo B.

Outro ponto interessante é que os alimentos fermentados, apresentam GABA (neurotransmissor que induz ao relaxamento e que aumenta fatores neurotróficos no sistema nervoso central) em sua composição e, por isso, estes alimentos são grandes aliados na melhora do estresse, da memória e da concentração, também da ansiedade.

Como incluir Kombucha na rotina alimentar

Experimente incluir este alimento na sua rotina alimentar. Você poderá perceber uma melhora do rendimento no trabalho ou nos estudos , e a qualidade do sono também tende a melhorar com o consumo regular.

Só não deve ser consumido e pode ser prejudicial para pessoas hemofílicas e mulheres grávidas ou que estão amamentando. No período de amamentação, ele pode atuar como um potente laxante no sistema digestivo do bebê, o que é prejudicial.

Leia também

Leia mais artigos da nutricionista Carol Bandeira

Pesquisas apontam aumento do consumo de álcool por mulheres durante a pandemia

Recorde de frio em SC: confira as menores temperaturas registradas na história

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Caso Evandro: o que aconteceu e as teorias do crime da série na Globoplay

Neve em Santa Catarina: saiba em quais cidades é possível ver o fenômeno

Carol Bandeira

Colunista

Carol Bandeira

Mãe de 3, especialista e uma das referências no país em nutrição materno-infantil. É empreendedora, docente e pesquisadora. Ajuda pais e nutricionistas a nutrir com amor as futuras gerações.

siga Carol Bandeira

Carol Bandeira

Colunista

Carol Bandeira

Mãe de 3, especialista e uma das referências no país em nutrição materno-infantil. É empreendedora, docente e pesquisadora. Ajuda pais e nutricionistas a nutrir com amor as futuras gerações.

siga Carol Bandeira

Mais colunistas

    Mais colunistas