O número de autorizações para novas construções em Porto Belo, no Litoral Norte, confirma a impressão visual: a cidade se transformou em um grande canteiro de obras. Segundo estimativa da Secretaria Municipal de Planejamento, do início de 2020 a julho de 2023 foram concedidos 566 alvarás de construção residencial e comercial – 195 para a edificação de prédios.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

Somados, os alvarás equivalem a 2,1 milhões de metros quadrados de área construída, uma média de 730 mil m² autorizados por ano. É mais do que a vizinha Balneário Camboriú, “estrela” do mercado imobiliário nacional, onde, no ano passado, foi autorizada a construção de 563 mil m².

A valorização crescente do mercado imobiliário de Porto Belo é impulsionada por fatores como a proximidade com Balneário e Itapema, as duas cidades com o metro quadrado mais caro do país – mas não só. A privilegiada geografia permite a passagem de grandes navios, o que faz de Porto Belo a Capital Catarinense dos Transatlânticos, e há fácil acesso a dois aeroportos, Florianópolis e Navegantes.

“Prima” de Balneário Camboriú vira a nova queridinha do mercado imobiliário em SC

Continua depois da publicidade

Somem-se a isso as belezas naturais – especialmente as praias de cor esmeralda – e as iniciativas públicas e privadas para aprimorar a infraestrutura do município. São os fatores que têm atraído cada vez mais investidores do mercado imobiliário.

Atualmente, há cerca de 200 construtoras e incorporadoras atuando em Porto Belo. A Associação das Construtoras e Incorporadoras de Porto Belo (ACIP) reúne 44 empresas associadas, algumas vindas de outros estados, como o Rio Grande do Sul, Paraná, Brasília e outros que, entre tantos lugares no país, escolheram o município para os próximos lançamentos.

Em boom de expansão, indústria náutica quer qualificar mão de obra em SC

Diante da necessidade de infraestrutura, a Associação de Construtoras e Incorporadoras de Porto Belo (ACIP) tem firmado parceria com a prefeitura para impulsionar obras como o molhe do Rio Perequê, que começou a ser construído no dia 20 de junho. O projeto e o licenciamento ambiental foram custeados pela ACIP. A obra será paga por meio de outorga onerosa.

A parceria também prevê a elaboração de projeto para a revitalização da orla, para o alargamento da faixa de areia de Balneário Perequê, e a pavimentação das principais ruas da cidade.

Continua depois da publicidade

Imóveis em Balneário Camboriú valorizam quatro vezes mais que a média nacional

– Esse modelo inédito no Brasil de parceria público-privada pretende não apenas valorizar ainda mais o nosso setor da construção civil, mas aprimorar a qualidade de vida de todos, deixando a cidade mais atrativa, com mais opções de lazer e diversão, melhor infraestrutura e um lugar cada vez mais valorizado e diferenciado para morar, passear e investir – diz Maycol Marini, presidente da ACIP.

De acordo com o último Censo, Porto Belo teve um salto populacional de 72% desde 2010 – um dos 10 que mais cresceram no Estado. Entre os mais de 5,5 mil municípios brasileiros, é o 30º que mais cresce no país.

Conheça Porto Belo em galeria de fotos

Leia também

Quais são os endereços de Cristiano Ronaldo em Balneário Camboriú

Top-20 cidades com metro quadrado mais caro do país passa a ter nova representante de SC

Imóveis usados são bola da vez em Balneário Camboriú e podem valorizar até 100%

Nove cidades de SC têm mais residências desocupadas do que com moradores

Destaques do NSC Total