Uma projeção do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta que os estados não terão perda de arrecadação durante o período de transição da Reforma Tributária e deverão registrar aumento anual – mas o ganho de Santa Catarina ficou abaixo da média nacional.

Continua depois da publicidade

Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

A análise leva em conta o texto aprovado pela Câmara dos Deputados, que ainda pode ser alterado pelo Senado.

Para o cálculo, foi previsto um cenário pessimista, com crescimento econômico no país de 1,5% ao ano. É menos do que a média da série histórica no Brasil, que é de 2,1% desde 1995.

SC se prepara para cobrar conta milionária do Paraná e São Paulo

Continua depois da publicidade

Nesse caso, considerando os ajustes da Reforma, os estados terão em média 1,5% de aumento na arrecadação a cada ano. Santa Catarina, no entanto, é um dos estados que ficaram abaixo disso na projeção, com 1,4%.

Além de Santa Catarina, também estão abaixo da média Pernambuco, Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Roraima, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Espírito Santo e Amazonas.

Leia mais:

Balneário Camboriú coloca BR na “vitrine” dos maiores prédios do mundo pela primeira vez

O que Jair Renan Bolsonaro foi fazer na Alesc

Kitnet mais cara do Brasil em Balneário Camboriú tem vista inusitada por motivo curioso

A reação de Silvinei Vasques ao ser preso pela PF

Balneário Camboriú aprova lei para distribuição de cannabis medicinal no SUS

Destaques do NSC Total