nsc
nsc

Saúde

Atestados médicos que obrigam aplicação da Pfizer em SC geram alerta na Saúde

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
09/06/2021 - 14h16 - Atualizada em: 10/06/2021 - 12h45
Vacina da Pfizer está disponível em algumas cidades de SC
Vacina da Pfizer está disponível em algumas cidades de SC (Foto: Luis Robayo, AFP)

A emissão de atestados médicos que estabelecem que vacina o cidadão deve tomar acendeu o sinal de alerta na Secretaria de Estado da Saúde. Os atestados determinam aplicação da vacina da Pfizer, que ainda tem pouca oferta no Brasil e está disponível em algumas cidades em SC.

Só querem Pfizer: recusa de vacinas em Balneário Camboriú

A Superintendência de Vigilância em Saúde está em contato com entidades médicas para reforçar as informações sobre a segurança das vacinas disponibilizadas pelo SUS, e a importância da imunização.

- Temos visto que alguns médicos têm feito atestados orientando o uso de determinado tipo de vacina, sem evidência para isso. A única orientação oficial, como forma de precaução, é para que as gestantes e puérperas não sejam vacinadas com a AstraZeneca/Fiocruz – diz o superintendente, Eduardo Macario.

Quais as 15 cidades de SC que vão receber vacinas da Pfizer

Ele ressalta que mesmo essa restrição para as gestantes é temporária, enquanto a segurança da AstraZeneca para as mulheres grávidas segue sob investigação.

Em todo o Estado, prefeituras que receberam a vacina da Pfizer relatam “preferência” de cidadãos que estão na vez pelo imunizante. Há pessoas que procuram os postos de saúde para saber qual a vacina que está sendo aplicada, e desistem de tomar se as doses disponíveis são Coronavac ou AstraZeneca.

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Diante da “escolha” de vacinas, o Estado pretende lançar uma campanha de conscientização para ressaltar a segurança e a eficácia dos imunizantes aprovados pela Anvisa, e convencer de que não faz sentido escolher a dose. Essa campanha deve ser voltada à população em geral e também aos profissionais de saúde - inclusive médicos e enfermeiros.

Autorização da Anvisa para importar Sputnik V reativa negociações de consórcio

A “seleção” de doses preocupa porque pode tornar mais lento o ritmo de vacinação em Santa Catarina. Macario lembra que a escolha não faz sentido nem mesmo para quem pretende viajar para o exterior. As três vacinas disponíveis pelo SUS foram aceitas, ou estão em fase de aceitação por outros países.

- Escolher vacina só atrasa a vacinação, e pode comprometer o avanço da campanha – afirma o superintendente.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Leia também:

Prefeito de Bombinhas se licencia do cargo por problema de saúde

Rejeitado, bebê macaco que nasceu em zoo de SC ganha lar temporário; veja fotos

CPI da Covid marca data para ouvir Moisés

Só querem Pfizer: recusa de vacinas em Balneário Camboriú acende alerta

Empresas privadas poderão investir em parques e reservas de SC

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas