nsc
nsc

processo encerrado

Ex-ministro José Eduardo Cardozo diz que impeachment de Moisés foi "aberração"

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
23/04/2021 - 15h50
Ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo
Ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo (Foto: Elza Fiúza / Agência Brasil)

O ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, que defendeu a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), chamou de "aberração" o impeachment contra o governador Carlos Moisés (PSL). Ele se referia ao primeiro processo aberto pela Alesc, que analisou o reajuste aos procuradores estaduais.

> Impeachment em SC: Tribunal de Julgamento tem data marcada

- Do fundo do coração, era uma aberração. Uma gratificação que tinha sido paga a procuradores, um verdadeiro absurdo. A vice, que ficou pouco tempo no cargo, foi também colocada no processo de impeachment. Uma verdadeira barbaridade.

A fala do ex-ministro ocorreu em uma live com a advogada catarinense, Isabela Medeiros, e a conselheira da OAB nacional, Luciane Nepomuceno. O assunto era a CPI da Covid, e os processos de impeachment acabaram vindo à tona. 

> Interrogatório de Moisés: Roesler diz que Tribunal do Impeachment não é "palco inquisitivo"

Cardozo, que chegou a ser consultado pela defesa de Moisés sobre o conteúdo do primeiro impeachment - e por isso conhecia o processo - disse que se esperava uma "banalização" dos impedimentos depois que Dilma foi derrubada e falou sobre as consequências de uma ação como essa.

- É o resultado de um impeachment mal posto, que gera consequências cujo terremoto permanece. 

> Veja como foi a sessão que avaliou o impeachment de Moisés no caso dos respiradores

Moisés será julgado pelo segundo processo de impeachment no dia 7 de maio. Desta vez, o assunto é a compra dos respiradores por R$ 33 milhões. O governador foi afastado na primeira fase do Tribunal de Julgamento.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Leia também

Pastor mandou matar esposa em Itajaí para ficar com a amante, diz polícia

Homem que mostrou as nádegas à vizinha durante discussão em SC terá de pagar indenização

Opinião: Bolsonaro modera discurso na Cúpula do Clima, mas mente sobre fiscalização

Deputado quer interrogatório de Moisés no julgamento do impeachment

Sogra no porta-malas, bezerros, carro com 11 pessoas: os flagrantes bizarros nas rodovias de SC

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas