nsc
nsc

Política

Gean Loureiro pede desculpas por férias no México: “Senti que precisava muito parar”

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
28/02/2021 - 18h23 - Atualizada em: 28/02/2021 - 18h34
Gean Loureiro estava em férias no México
Gean Loureiro estava em férias no México (Foto: Diorgenes Pandini)

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), manifestou-se pela primeira vez neste domingo (28) sobre as férias que tirou no México, em meio ao período mais crítico da pandemia em Santa Catarina. Em um texto, publicado nas redes sociais, ele diz que recebe “com humildade as críticas” e pede desculpas à cidade.   

> Em colapso, Santa Catarina tem 155 pessoas na fila de espera por leito de UTI

Gean diz ter considerado que, depois do ano difícil, “precisava muito parar” e avaliou que, a esta altura, a situação estaria estável na Capital. “As circunstâncias mostraram que eu estava errado”. 

> Pedido de liminar pode obrigar União a pagar leitos privados em todo o país para SC

> Técnica de enfermagem morre de Covid-19 sem vaga na UTI

O prefeito deve chegar neste domingo a Florianópolis. Ele estava licenciado desde 18 de fevereiro, mas participou de reuniões virtuais sobre a pandemia e, segundo o secretário de Gabinete, Bruno Oliveira, vinha acompanhando a situação dos leitos na Capital.

A viagem do prefeito ao México não foi divulgada oficialmente. Gean foi ‘descoberto’ pela estampa na parede que aparecia atrás dele em reuniões virtuais, com o governador Carlos Moisés (PSL) e outros prefeitos. A decoração coincide com a de um hotel em Cancún, no Caribe mexicano.

> Governo de Santa Catarina recusa recomendação para lockdown de 14 dias

O que diz Gean Loureiro

"Pessoal, devo satisfações a vocês.

Como sabem, estive afastado durante os últimos dias, num descanso planejado há tempos. Imaginava que, nessa altura, estaríamos com uma situação estável na cidade, com a vacinação acontecendo e os números melhorando. As circunstâncias mostraram que eu estava errado.

Depois de um ano tão difícil para todos, senti que precisava muito parar, mesmo que por poucos dias, e lembrar que, como todos seres humanos, temos limites.

Infelizmente, a situação no nosso estado se agravou numa velocidade inimaginável, fato que exigia minha presença com urgência.

Já no início da semana passada, tomei a decisão de retornar imediatamente. Mas, para isso, tive que aguardar o resultado do teste PCR obrigatório de Covid, sem o qual não seria autorizado a retornar de viagem. Também tive dificuldades para reagendar meu voo.

Acreditei que realizando reuniões diárias com toda nossa equipe de saúde, com o governo do estado e prefeitos da região de maneira virtual poderia suprir minha ausência presencial. Na verdade isso não foi suficiente num momento crítico. Reconheço que não deveria ter me ausentado. Por isso, peço sinceras desculpas à cidade.

Quem me acompanha sabe que sempre estive e estarei na linha de frente em todos os momentos críticos da nossa cidade, sem jamais me omitir. Mesmo assim, recebo com humildade as merecidas críticas por esse episódio, as quais procurarei recompensar com total dedicação e muito trabalho".

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas