nsc
nsc

Proibido

Outdoor estimula armar a população em Itajaí; anúncio é ilegal

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
26/05/2021 - 09h37 - Atualizada em: 26/05/2021 - 10h20
Outdoor ilegal defende armamento em SC
Outdoor ilegal defende armamento em SC (Foto: Fabiano Correia, NSC TV)

Anúncio instalado numa das avenidas mais movimentadas de Itajaí, a Contorno Sul, estimula o armamento como “legítima defesa”. A propaganda, divulgada por um clube de tiro e loja de armas, é ilegal: as campanhas publicitárias pró-armamentistas são proibidas por lei no Brasil e preveem multa de R$ 100 mil a R$ 300 mil.

CPI da Covid: Moisés cutuca Jorginho após saber que será chamado para depor

Para não estimular a campanha ilegal, a coluna optou por não divulgar a empresa responsável pelo anúncio. A proibição está expressa no Artigo 33 da Lei 10.826/2003, o Estatuto do Desarmamento. Veja o que diz a legislação:

"Art. 33. Será aplicada multa de R$ 100.000,00 (cem mil reais) a R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), conforme especificar o regulamento desta Lei:

II – à empresa de produção ou comércio de armamentos que realize publicidade para venda, estimulando o uso indiscriminado de armas de fogo, exceto nas publicações especializadas".

O que significa deputados de SC posarem com armas no aniversário do golpe de 64

O advogado Felippe Angeli, gerente de advocacy do Instituto Sou da Paz, confirma que a propaganda é irregular.

- É claramente ilegal, não há a menor dúvida. Deveria ser retirado de circulação – diz ele.

Hang e Peninha pedem canetaço de Bolsonaro para suspender regra ambiental; entenda

Segundo Angeli, esse tipo de propaganda irregular tem se tornado cada vez mais comum no Brasil. Os decretos do presidente Jair Bolsonaro alterando a legislação em relação às armas provocaram um boom nos clubes de tiro. Eles saltaram de 151, em dezembro de 2019, para 1.345, em dezembro de 2020 – aumento de 790% em meio à pandemia.

- Temos recebido denúncias de propagandas como essa, que vêm em geral de cidades menores. Percebe-se que há uma ignorância sobre a lei, sobre o que é permitido ou não – comenta Angeli.

CPI da Pandemia: "Não é Bolsonaro o culpado pelo vírus", diz Jorginho Mello

Embora Bolsonaro tenha promovido uma enxurrada de decretos para alterar de forma unilateral e sem discussão com o Congresso Nacional o Estatuto do Desarmamento – parte deles suspensa pelo Supremo Tribunal Federal (STF) –, não houve mudança quanto à proibição de divulgação de armas e de campanhas armamentistas.

A coluna não conseguiu contato com a loja de armas e estande de tiros que divulgou o outdoor.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Leia também:

Procon notifica Arteris por negar socorro a porco na BR-101

Hang dispara contra FHC após encontro com Lula

Sérgio Moro pode concorrer a senador por Santa Catarina em 2022

Vento derruba estátua da Havan no Litoral gaúcho

Catarinense Antonieta de Barros poderá integrar lista de heróis nacionais

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas