O Porto Itapoá fechou o primeiro semestre de 2023 com um incremento de 18% na movimentação. De janeiro a junho, passaram pelo terminal privado 533.423 TEUs – unidade de medida que equivale a um contêiner de 20 pés – contra 450.638 no primeiro semestre do ano passado.

Continua depois da publicidade

Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

O porto também registrou nos primeiros meses de 2023 dois recordes de movimentação. O primeiro, em março, foi batido na sequência pelos resultados de maio, quando foram operados 98.113 TEUs.

O crescimento ocorreu no comércio exterior e também na cabotagem, que é a navegação entre os portos nacionais. Mas o destaque é para as importações de longo curso, que subiram 40%. No rol de produtos importados por Itapoá estão especialmente o setor de automóveis e automotivos, e o setor de tecidos, vestuário e calçados. A China é o principal mercado.

Empresário apontado como agressor de filho de Alexandre de Moraes tem negócios em SC

Continua depois da publicidade

As exportações, por sua vez, tiveram incremento de 24%, com destaque para as cargas refrigeradas, que correspondem a 27% da movimentação. A Espanha foi o país que mais recebeu exportações operadas pelo Porto Itapoá, correspondendo a 8,2% do total.

– É um segmento em forte expansão, até por isso batemos nosso recorde histórico de exportação de cargas reefer em março, com 9.016 TEUs – diz o presidente do Porto Itapoá, Cássio Schreiner.

Ciclone faz cobertura do Neymar balançar em Balneário Camboriú; veja vídeo

O crescimento na operação reflete na movimentação do Gate, porta de entrada e saída de caminhões. Foram registrados 232.325 movimentos, um número 24% maior do que no mesmo período do ano anterior. Somente no mês de maio foram registrados 44.159 movimentos, recorde histórico do Terminal.

Destaques do NSC Total