A Portonave, em Navegantes, recebe nesta terça-feira (31) a licença ambiental para obras no cais. A entrega, feita pelo governador Jorginho Mello (PL), selará a autorização para o maior investimento já feito pelo terminal, que somará R$ 1 bilhão.

Continua depois da publicidade

Saiba como receber notícias do DC no Telegram

O objetivo da obra é preparar o atracadouro para navios com 400 metros de comprimento – gigantes chamados de Mega Conteinership, a nova geração de embarcações de transporte de contêineres, considerada mais econômica e menos poluente.

Navio gigante com nome inusitado atraca em porto de SC

O maior navio a operar nos portos brasileiros, hoje, é o APL Paris, que tem 347,5 metros de comprimento e 45,2 metros de boca e fez sua atracação de estreia no país com uma escala na Portonave, em 2020.

Maior navio que já navegou no Brasil faz manobra em SC; veja vídeo

Continua depois da publicidade

Primeiro terminal de uso privado (TUP) do país, a Portonave é o segundo maior porto brasileiro em movimentação de contêineres e já movimentou mais de 11 milhões de TEUs – medida que equivale a contêineres de 20 pés – e coleciona prêmios por eficiência. A abertura para os supernavios de 400 metros, no entanto, não dependerá apenas das obras no cais do próprio terminal. Para receber os gigantes, os portos do Complexo Portuário do Itajaí-Açu, do qual Navegantes faz parte, dependem da agilização da segunda etapa da obra da nova bacia de evolução – a área de manobra dos navios.

A primeira fase, paga pelo Governo do Estado, permite hoje a operação de navios com até 350 metros de comprimento. A segunda fase, que tem valor estimado de R$ 200 milhões, deveria ser custeada pelo governo federal – mas, por falta de recursos, não foi levada adiante.
A conclusão da bacia de evolução foi incluída como contrapartida de investimento da iniciativa privada na proposta do leilão de desestatização do Porto de Itajaí. A minuta de edital está sob análise do Tribunal de Contas da União (TCU), e não tem data para publicação.

Destaques do NSC Total