O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, publicou nas redes sociais no início da tarde desta segunda-feira (17) que havia acabado de receber um telefonema do governo federal e estará presente na reunião que foi marcada para esta terça pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em que será discutida a violência nas escolas.

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Mais cedo, Hildebrandt já havia sido convidado pela deputada federal Ana Paula Lima (PT), vice-líder do governo na Câmara. Ana Paula também participará da reunião representando Santa Catarina.

Lula convidou todos os governadores e os chefes dos poderes para estarem presentes. Também devem participar da reunião ministros que estão envolvidos no grupo de trabalho que discute soluções para o enfrentamento aos recentes ataque, que têm se proliferado no país.

Jorginho vai a reunião com Lula sobre segurança nas escolas

Continua depois da publicidade

Pais de vítimas do ataque a creche em Blumenau serão recebidos em Brasília

Pela manhã, a coluna publicou que o prefeito Mário Hildebrandt havia lamentado a falta de convite para estar presente no encontro, em que serão debatidas políticas públicas de prevenção – inclusive com financiamento federal – e um pacto pela paz no ambiente escolar.

Hildebrandt, que enfrentou há duas semanas o ataque à creche Cantinho do Bom Pastor, em que quatro crianças foram assassinadas, pretende defender durante o encontro penas mais duras para crimes como esse.

Destaques do NSC Total